sábado, 25 de janeiro de 2014

Miklos Feher, o Ultimo Sorriso do Eterno 29

 
 
Para muitos pode parecer que foi ontem mas nao foi ja ha 10 anos e os de melhor memoria certamente nao esqueceram o momento jamais na vida. Sempre disse o pior momento da historia do Sl Benfica dentro de campo porque vitorias temos muitos Feher como todos nos tinha uma vida, uma vida que era unica perdeu-a diante do olhar de quem estava diante da televisao a assistir ao jogo, na presenca dos adeptos no estadio, entre colegas de equipa e de profissao. Para a memoria ficou aquele sorriso que jamais irei esquecer jamais na vida, disse varias vezes adorava morrer assim com aquele sorriso de felicidade. Feher foi um exemplo unico, um heroi que viu a morte de frente e sorriu para a mesma antes dessa nos tirar Feher da nossa presenca. As imagens chocantes foram mostradas nas televisoes de todo o mundo atraves da imprensa.

 Era um final de domingo como outro qualquer, chuvoso, o Sl Benfica vencia o Vit de Guimaraes por um 1-0 o jogo estava quase a terminar e as contas pareciam mais que feitas. Apos uma jogada mais dura de Miklos Feher o Arbrito da partida Olegario Benquerenca chama-o e mostra-lhe o cartao amarelo, Feher nao protesta e sorri com a situacao corria o minuto 92 de jogo que ja estava em desconto subitamente Feher dobra-se algo parecia nao estar bem e cai para tras inanimado tinham passado cerca de 10 segundos para ai desde que sorrira, fora o seu ultimo sorriso seu ultimo momento de aparente felicidade.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Todos Diferentes, Todos Iguais Numa so Sociedade

 

Ao longo da vida pude ver varios tipos de discriminacacao nao quero falar de discriminacao racial essa ja parece ter muita gente a defende-la enquanto muitas vezes ignoram outros tipos de discriminacao social. Para muitas pessoas e habito olhar-se para um deficiente fisico seja qual for a deficiencia e sentir-se pena, compaixao no entanto muitas vezes apesar de amputados, cegos, mudos, paralisia motora ou cerebral, etc tendo por vezes ate mais do que uma deficiencia os portadores conseguem muitas vezes fazer uma vida normal apesar das dificuldades que encontram em certas barreiras sociais como andar em transportes publicos ou nas ja faladas discriminacoes sociais por parte de outros seres humanos.

Muitos destes coitadinhos como errantemente sociedade muitas vezes os trata conseguem vencer em varias areas das artes, musica, cinema, ciencia, politica, desporto, etc chegando a atingir a fama e a serem um exemplo para o mundo pela sua luta e determinacao, falarei de varios porque sao muitos ate espalhados por varias areas alguns nem se nota a sua deficiencia pelo que esta cronica "todos diferentes, todos iguais numa so sociedade" certamente tera parte II, III e por ai desta vez irei nomear apenas tres embaixadores desta causa que eu tambem defendo.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Uma Vida, em Nome da Justica

 
                                                  
Noronha, Cunha Noronha ou Juiz de Direito no Supremo Tribunal de Justica Nelson Cunha Noronha , era um Juiz prestes a aposentar-se embora a sua ultima nota nao sugerisse tal pois a sua capacidade de exercer as suas funcoes e de julgar tivesse sido das melhores notas a nivel nacional entre todos os juizes do Pais era talvez por isso que tivera recentemente em maos dos casos mais importantes do Pais escandalos politicos, fraudes, corrupcoes, escandalos de pedofilia, etc. A idade porem estava longe de perdoar e Noronha com quase quarenta anos da sua vida dedicados ao seu trabalho de Juiz estava a chegar ao fim da sua brilhante e exemplar carreira.

Noronha, Cunha Noronha acabara agora de terminar mais um julgamento, mais uma audiencia e aplicara mais uma sentenca, sentado no seu gabinete reflectia agora que tudo estava a chegar ao fim a reflexao era ainda mais perturbadora, Noronha pensava se na sua carreira nao tinha condenado inocentes e ao mesmo tempo absolvido criminosos, nunca tivera conhecimento de tal mas tudo era possivel, nao se iria perdoar se assim fosse.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Eusebio uma Lenda, um Mito, um Idolo Mas Nao um Deus

 

Muito se tem falado e dito acerca de Eusebio e costume dizer-se em Portugal que existem 1001 maneiras de se cozinhar bacalhau nao sei se realmente o sao mas sei que realmente sao muitas e diversas. Eusebio tambem ele foi colecionando alcunhas que poderao tambem elas nao serem 1001 mas que o foram tornando conhecido pelo mundo fora o menino que comecara a jogar a bola na rua nos bairros pobres de onde era oriundo com uma bola de trapos. A morte de Eusebio da-me a certeza de que se eu la chegar sera um dos assuntos a serem falados na cronica de, analise e resumo do ano 2014, mas isso fica para essa altura la para o fim do ano entre outros assuntos este certamente podera estar em relevo.

domingo, 5 de janeiro de 2014

O Taxista

 
 
 Duarte, Simplesmente Duarte para os amigos, Duarte do Taxi para os conhecidos e vizinhos era assim que se poderia descrever o nome na apresentacao de mais um homem que vivia para o trabalho e que estava na flor da idade, reservado na personalidade mas simpatico por natureza, escolhera por opcao propria a noite para seu horario de trabalho que por graca respondia que o seu trabalho estava em andar sob rodas voltando sempre ao mesmo destino. Partia para onde o cliente entendesse e mal se punha a conduzir ja muitas vezes estava a conversa com os mesmos, procurava sempre saber se desejavam o radio com musica ou noticas e tinha por habito ter um conjunto de jornais desses gratuitos que oferecia aos clientes para irem entretidos se assim o desejassem durante a viagem.

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Analise e Resumo do Ano 2013



Analisando o ano 2013 que entretanto ja passou num resumo pode-se dizer que 2013 foi um ano sem grandes conflitos politicos, sem guerras, etc (embora por varias vezes os EUA avisaram Damasco e ameacaram a Siria), mas com factos que fizeram historia em 2013 foi um ano de pelo menos um acontecimento unico em seculos ou seja a renuncia de um Papa algo que nao acontecia desde de 1415 atraves de Gregorio XII, portanto foram 598 anos sem ver nada igual e so depois e que um Lider maximo da Igreja Catolica renunciava ao cargo ainda em vida, apenas o Papa Ponciano no ano 235, o Papa Bento IX no ano 1045 (acabou depois de varios afastamentos e retornos por abdicar e vender o cargo ao Padrinho Gregorio VI), Celestino V no ano 1294 apenas cinco meses depois de ser emposado e o ja referido Gregorio XII o haviam feito anteriormente tendo Bento XVI sido o quinto Papa a faze-lo.