segunda-feira, 20 de julho de 2015

Harley-Davidson "Um Simbolo, Mito e Lenda dos EUA"

 


Nao sou um verdadeiro amante das duas rodas mas se o fosse tal como muitos dos chamados motards ou motoqueiros o meu sonho nem sequer era uma Moto de Pista mas sim aquela que e considerada a Rainha das duas rodas quando se fala em motos de estrada, se um dia me dessem a escolher qualquer moto iria escolher sem pensar duas vezes iria responder que queria uma Harley-Davidson a dificuldade estaria apenas no modelo agora na marca de moto, nunca, porem dos modelos que pude observar uma  Fat Boy, talvez encontre alguem rico que me ofereca uma um dia porque definitivamente uma moto com um valor a partir de 22.200 euros nao e para qualquer bolsa, mas sem crise uma uma Harley-Davidson Street 750 inicialmente fica por 7.500 euros tudo sem contar com uma CVO Limited  que tem um gentil preco a partir de 42.250 euros, mesmo em temps de crise para os mais afortunados e uma realidade facil de se cumprir e para os mais apaixonados por vezes e uma ilusao que a aprovacao de um credito bancario pode tornar real.

Apetecida por muitos e sonhada por outros tantos no entanto uma maquina desta original e algo que esta ao alcance de muitos mas muitos poucos. Os altos precos e um facto que dificulta o obtencao de uma moto do genero porem o facto de ser algo ja antigo e muitas vezes com algumas alteracoes torna cada vez mais dificil a aquisicao de uma maquina do genero porem nao e um sonho completamente impossivel diquemos que e mais um American Dream. Sim American Dream quantas vezes nao vimos ja montando a "Rainha" do asfalto ou da estrada chamem o que entenderem um Motard ou Motoqueiro (tambem aqui o nome a dar-se e uma opcao de escolha) trajando o popular blusao de cabedal americano com a estampagem da bandeira dos Estados Unidos da America nas costas.

Com um ruidoso som de motor bem comum, caracteristico e quase unico uma Harley-Davidson original logo ai comeca por ser uma moto que consegue chamar a atencao onde quer que va e onde quer que esteja.

                                                                     
A Harley-Davidson Motor Company e uma empresa estadunidense que foi fundada em 1903 e que apesar das crises economicas, da concorrencia por vezes demasiado forte e tudo mais se tem mantido ate aos dias de hoje e conta portanto com mais de 110 anos de existencia.

A historia da moto mais popular de todos os tempos comeca em 1903 em Milwaukee, no Estado do Wisconsis, quando dois jovens, resolvem instalar um motor num quadro de bicicleta, com a mera intencao de se  locomoverem mais rapidamente nas subidas com o objectivo talvez de nao se cansarem e sobretudo pouparem os esforcos fisicos. Estes dois jovens se chamavam Artur Davidson e William Sylvester Harley e o que eles certamente nao sabiam e estariam longe de acreditar e que estavam a acabar de criar um dos meios de transporte mais utilizados do mundo e uma das marcas mais cobicadas pelos amantes das motos, a famosa e sempre vistosa Harley-Davidson, que em qualquer concentracao de motards e uma das maquinas que chama mais a atencao, pelo visual e estilo.


Com efeito um dia um rapaz bastante inteligente , embora nao se possa chamar de preguicoso mas farto de pedalar, teve a genial ideia de um dia acrescentar um motor a sua bicicleta. Foi exactamente o que aconteceu com dois jovens americanos, na altura amigos, alunos e colegas de universidade respectivamente o Projectista e o Engenheiro, que se lancaram nessa arriscada missao.

Se bem que tenham tido o cuidado de associar aos seus trabalhos Ole Evinrude (um Inventor estadunidense nascido na Noruega conhecido pela invencao do primeiro motor de popa com aplicacoes comerciais praticas),um mecanico, a primeira maquina assim criada, entre outros detalhes, a lenda que o carburador era feito de uma lata em conservas - foi no entanto uma falha completa: o engenho recusou-se terminantemente a andar. O motor, na realidade era demasiadamente fraco, nao conseguindo proporcionar o conjunto. No entanto os jovens nao desanimaram e voltaram a tentar o enxerto adaptando desta vez um motor mais potente de  400 cm³ que era de facto nitidamente bem mais potente do que o primeiro. Em resultado final, a maquina andava, mas os novos problemas haviam surgido no quadro que manifestou rapidamente drasticos sinais exteriores de fraqueza. Ainda sem o saberem, acabavam de enfrentar a pedra angular, o segredo de uma boa moto: a harmonia e sintese de um quadro e de um motor. De surpresas desagradaveis a progressos encorajadores, os dois amigos, instalados no seu local de trabalho com 8m², conseguiram finalmente construir a sua primeira maquina: tinham feito acabar de nascer a lendaria Silent Gray Fellow. O Motor de um Cilindro Inclinado de 410 cm³ que desenvolvia 3 cavalos estava equipado  com uma Valvula de Admissao Automatica e com uma Transmissao de Correia. Produziram-se entao tres exemplares, todos cizentos, ja com a cor fetiche da marca. Sentindo-se encorajado pelo seu brilhante resultado, William Sylvester Harley tomou certamente uma das decisoes mais importantes da sua vida e inscreveu-se na Universidade de Wisconsin a fim de melhorar os seus conhecimentos de mecanica. Em boa hora o fez, pois, gracas a um motor retificado de 450 cm³ e desenvolvendo 4 cavalos e um quadro finalmente digno desse nome, sairam 50 exemplares das oficinas Harley-Davidson na altura, em 1906, tres anos depois dos dois jovens colegas de universidade terem tentado a primeira experiencia sem aparente sucesso.

A partir de 1907, a notoriedade de Harley e Davidson, aos quais se viriam a juntar os primos William e Walter Davidson, as motos comecam a sair do Estado de Wisconsin, e passaram a ser produzidas pelo menos 100 maquinas todos os anos. A fim de fazer a demostracao flagrante da qualidade das motos doravante fabricadas, Walter Davidson envolve-se no Desporto Motociclista e alcanca a vitoria, em 1907, numa famosa corrida de resistencia.

Organizada pela Ferderation of American Motorcyclist, e nela bate o recorde de sobriedade percorrendo 300 Km com menos de 5 litros de combustivel. Finalmente, recompensa suprema: em 1907, a Policia americana comeca a equipar-se com motos Harley-Davidson. Com tudo isso dessa vez a Harley-Davidson estava de facto lancada. Nessa epoca a Harley-Davidson estava ainda bastante longe de se tornar um mito, mas comeca indiscutivelmente a aproximar-se do mesmo. Assim, o primeiro V-Twin sera construido em 1909, associado a duas outras iniciativas na epoca: o Acelarador de Punho Rotativo e a Forquilha Paralelogramo, precursora daquela que se tornou celebre na futura Springer.


A partir desse momento as cilindradas vao suceder-se a multiplicacao das inovacoes tecnicas: o Motor Bicilindro de 1000 cm³, o Monocilindro de 600 cm³, a famosa Valvula de Escape Lateral; mas a eclosao igualmente de ideias marcarao uma nova epoca, como o Selim Suspenso, a Caixa de Duas Velocidades (depois tres) e um Sistema de Lubrificacao Automatico. Sempre paralelamente ao seu desenvolvomento industrial as maquinas de duas rodas Harley-Davidson percorrem circuitos sempre com um notavel sucesso garantido desde a criacao de um verdadeiro servico de corrida oficial. Em 1915, Leise Pakhurst, vence a Prova do Trofeu Nacional da Hora, em Birmingham, no Estado do Alabama, e consegue mais vinte e cinco vitorias ao longo da epoca, Ainda tambem em 1915, Floyd Clymer bate o Recorde Mundial da Hora em Dirt Track em Dodge City, a 132Km/H, numa maquina equipada com um V-Twin com oito valvulas com duas saidas de escape por cilindro.

Embora desde 2009, a Harley-Davidson esteja realmente muito afastada da imagem do Desporto de Motociclismo, foi nesse terreno que a marca provou a sua confiabilidade e a eficacia das solucoes tecnicas adoptadas e revolucionarias no seu tempo. Ninguem esqueceu os anos 70, nao tao afastados como isso, no decurso dos quais especialmente as XR reinaram sozinhas nas pistas de asfalto dos EUA. No futuro, talvez se volte a ver na categoria dos Twins, tao estimada do outro lado do Atlantico, uma Harley-Davidson multi-valvulas"bater" as maquinas de duas rodas, italianas, japonesas e alemas. Adoram-se ou simplesmente nao se suportam, mas e um facto: ninguem e ou fica insensivel a uma Harley-Davidson. Ja toda a gente ouviu falar nas celebres maquinas do asfalto americanas, quem nunca se cruzou um dia com um Motard mais ou menos autentico e nao ouviu os sons tao baixos caracteristicos do mais celebre motor do mundo. Copiadas no melhor dos casos, plagiada muitas vezes, as maquinas de Milwaukee escreveram a sua historia nas proprias raizes do povo americano. Associada ao cinema, a musica, as trasicoes do povo americao, ao servico da policia e do campones do Middle West, as Harley-Davidson atravessaram o Seculo 20 com sortes diversas, mas elas as rainhas das duas rodas no asfalto ainda ai estao e tudo indica que continuarao a estar.

A principio usada pelo americano da classe media, as Harley-Davidson tornaram-se, depois da II Guerra Mundial alvo de uma utilizacao macica na politica e no exercito, o simbolo do Sonho Americano (o famoso American Dream). Os soldados Norte-americanos de regresso da  campanha europeia e que continuavam a circular em grupo, para nao dizer bando, com as suas Harleys acabaram por desempenhar um grande papel na imagem da marca e dos seus fans. Provavelmente, contribuiram em muito para a ideia feita, muitas vezes autentica, do Motard Ultra Nacionalista, dado a cerveja e quem gosta de concursos de T-shirts molhadas e de piadas grosseiras. Assim, ela (a Harley-Davidson) tornou-se contraditoriamente a montada dos maus-rapazes e dos proprios burgueses em perspectiva.

Esta mistura e ainda muito mais gritante hoje em dia na Europa, onde desde a alguns anos as maquinas americanas conhecem um entusiasmo evidente junto de "burgueses respeitaveis" que, adornados com os inevitaveis sinais exteriores de motards a moda europeia, ignoram ou na realidade fingem que ignoram tudo aquilo que as maquinas veicularam, de Ideologia Nacionalista, ou mesmo racista.

No inicio dos anos 70, o filme com o titulo Easy Rider, provocou na Europa diquemos que um ressurgimento da marca americana. A liberdade, ainda e sempre, de dois maus rapazes conduzindo as suas Harley-Davidsons, estimulou a inconsciente geracao de 69. A combinacao era demasiadamente bela para se poder fugir a ela.
 

Por muito paradoxal que na realidade possa parecer hoje em dia, as inovacoes de Willam  S. Harley e de Arthur Davidson eram acima de tudo praticas "proporcionados" pelas experiencias de Oscar Hedstrom, um dos fundadores da Empresa Indian, os dois amigos Harley e Davidson lancaram-se de uma maneira um pouco desordenada (natural e ate habito nos jovens sobretudo pela inexperiencia de vida) numa industria nascente: a bicicleta equipada com um motor. Foi em 28 de Abril de 1903, data que se tornou historica. Movido pelo acaso de um encontro familiar, Walter Davidson encontra os dois companheiros suplementares ao empreendimento. Como podemos censurar estes filhos de classe media por quererem triunfar num dominio quase virgem para o qual representavam um futuro frutuoso. Eles que se interessaram momentaneamente pelos problemas de pesca decidiram que ja era tempo de voltarem o pensamento para ideias mais terrestres. Nessa epoca, existiam muitos poucos motores confiaveis e sao as criacoes dos europeus Kruger-Aster / De Dion que lhes vao servir de base de apoio. Ja em 1905, os principais motores monocilindros saem da oficina e sao vendidos a 200 dolares cada (julgo que para a epoca seria uma pequena fortuna). Porem dois anos mais tarde, decidem juntar um segundo cilindro ao seu Mono Classico. Tinha entao nascido definitivamente o V-Twin. Ao mesmo tempo, imaginaram a primeira Forquilha Suspensa do tipo Springer, versao que obtera a concordancia geral e sera um novo exito industrial, pois esse ilustrissimo achado permanecera inalterado ate 1948. Sempre na mesma epoca Walter Davidson participa nuna famosa  Competicao de Enduro com um tracado nas Catskill Mountains organizada pela FAM (Federation of American Motorcyclists). A unica Harley-Davidson do pelotao impoe-se frente a mais de sessenta concorrentes, e ainda obtem uma distincao suplementar respeitante a harmonia notavel entre pilotos e a sua inovadora e espantosa montada. Como resultado dessa prestacao, em 1909 sao vendidas mais de 1100 maquinas desse mesmo tipo.

Depois dos anos de investigacoes com muito trabalho deixado para tras e da producao confidencial desenvolvida em torno de um modelo unico, a primeira verdadeira Moto Harley-Davidson nasceu em 1904 e foi baptizada de Silent Gray Fellow, a Companhia Harley-Davidson progrediu bastante. Produzida em pequenas quantidades, esta maquina da os primeiros passos para ser a famosa moto que e hoje, fabricada ate durante anos de 1912, era pelo menos sumaria. Apoiava-se num quadro simples de berco com suspensao de paralelograma, um Motor Monocilindrico de 494  cm³ desenvolvendo o mesmo 6,5 cavalos, numa transmissao sobre a roda traseira utizando uma correia de couro e uma Embraiagem de Alavanca Manual actuando por meio de uma polia de tensao sobre uma Correia de Transmissao.

O Deposito de Combustivel estava suspenso na parte superior do quadro e a maquina continha um peso total de 88, 5 Kg. Embora o conjunto no geral apresentasse um equilibrio conveniente, era, sobretudo a imagem de uma maquina confiavel, solida e silenciosa que conseguia motivar entao os valores pioneiros: nada de floreiros inuteis, uma unica cor, o cinzento, e uma eficacia silenciosa, tudo para lhe conferir sobriamente. Pacientemente aperfeicoada, so muito mais tarde, em 1919, foi equipada com Carburador Schebler, uma verdadeira embraiagem, uma Caixa de Velocidades e uma transmissao por corrente.

Uma das particularidades das criacoes Harley-Davidson residia na teimosia em desenvolver um so modelo e em pretender sistematicamente um lucro importante, mas cuidando sempre da confiabilidade e do silencio da sua maquina. Embora, em 1905, a producao da pequena sociedade fosse somente oito maquinas, ela progredia gracas ao tributo financeiro e imobiliario de terceiros. Assim, a partir do ano seguinte, a producao subiu para quarenta e nove maquinas, triplicando a producao todos os anos seguintes ate 1910 e finalmente atingir tres mil maquinas na fabrica da Jeneau Avenue. Um outro parametro serviu perfeitamente aos interessados das motos Harley-Davidson: a raridade, e, portanto o preco elevado dos automoveis. Desde o inicio, os criadores tinham-se mantido muito afastados da nocao de competicao e ainda mais do Desporto Motociclista.

Foi apenas em 1907, sob a presidencia de Walter Davidson, que uma maquina da empresa foi inscrita na primeira corrida organizada pela jovem Federacao Motociclista Americana. A experiencia saudou-se por um estrondoso sucesso, pois o proprio Walter bateu os oitenta adversarios, que eram representante de pelo menos vinte e uma marcas diferentes. A historia do sucesso das Harley-Davidson em que as quais se haveriam de tornar um simbolo, mito e lenda da sociedade americana estava ja em marcha e no bom caminho, tornando a Harley-Davidson tambem a Rainha das maquinas de duas rodas a circular no asfalto.


Vinte anos depois dos trabalhos praticos hesitantes dos pioneiros da Harley-Davidson, os americanos seguiram o gosto da epoca em materia de circulacao destinada as maquinas de duas rodas com motor: multiplicaram-se as estradas alcatroadas, os paineis rodoviarios  comecaram a invadir a paisagem e as estacoes de servico comecaram a assegurar eficazmente o abastecimento de combustivel. Simultaneamente, em 1919, a Firma Harley-Davidson, que como se pode ver fez do Desporto de Motociclismo um dos seus primeiros esforcos, propos pela primeira vez um modelo de caracter desportivo. Para justificar esta designacao, a maquina foi dotada com uma Caixa de Velocidades colocada sobre o motor, uma embraiagem em banho de oleo, com uma guia de valvulas inferior e com uma Correia de Transmissao integrada no motor. Nesta epoca a firma de Milwaukee ocupava ja uma fabrica de volume respeitavel: mais de 50 m². Mas os quatro exageraram e a producao estimada em trinta e cinco mil maquinas por ano e de tal modo optimista que, em 1921, a empresa acaba por fechar sob os efeitos conjugados de superproducao e da quebra das vendas. Longe porem de querer baixar os bracos, os entao dirigentes da Harley-Davidson vao virar-se para o estrangeiro apostando entao na exportacao das maquinas para tentar encontrar novos clientes. Atraves das suas viagens, eles descobrem as novas tecnicas da concorrencia, e especialmente as Indian. O que, levando mais longe as suas investigacoes mecanicas, vai provocar, em bloco, a chegada de um quadro, deposito e selins ineditos.


De facto, mais do que a quebra de entusiasmo por este tipo de maquinas, e a chegada de veiculos de duas e quatro rodas em 2ª mao que vai fazer baixar a procura de motos novas. Em face de tal situacao, apenas duas marcas subsistem nos Estados Unidos: a Harley-Davidson e a Indian. Como sempre sucede em situacoes semelhantes, o mercado dirige-se para baixo e a Harley-Davidson vai agarrar rapidamente a mesma oportunidade para relancar maquinas equipadas com motores monocilindricos de 350 cm³ a menos de 200 dolares na epoca ( era uma pequena fortuna para a mesma epoca). Um bom negocio. E tambem nessa producao e a distribuicao de acessorios mas tambem de produtos com a efigie Harley-Davidson capazes de promover e de fidelizar a clientela. E a primeira orientacao para uma tendencia "tempos livres" da moto, por oposicao as duas rodas utilitarias que ate aquele momento sempre tinham dominado.

Ja em 1939, sob a influencia da guerra que toda a America entrevia e temia, a Harley-Davidson prepara versoes militares de 750 cm³ e permite assim que a producao se mantenha no limiar psicologico de dez mil motos por ano. Para ganhar essa aposta, tudo foi imaginado e empreendido, incluindo baixas de salarios draconianas, da ordem de 10% para operarios ate 50% para os dirigentes. A Harley-Davidson completa entao 40 anos de existencia e ja atravessou muitas tempestades conjunturais e pessoais. Mas continua firme!

Em 1925, aparece a primeira Peashooter, uma versao de 350 cm³ para competicao. No que diz respeito a decoracao, depois dos anos severos das maquinas cinzentas, a cor começa a invadir os depositos e Para-choques, sobretudo atraves dos primeiros antepassados do tunning: personalizacao de motos. Em 1928, um novo modelo fez a sua entrada no catalogo, a Two Cam, proposto em duas versões: a JD, em 1000 cm³, e a JDH, de 1200 cm³.

Exteriormente, os dois modelos sao diferenciaveis, mas e bom saber que, na epoca, eram certamente as maquinas de serie mais rapidas do mundo, com o limite de velocidade respectivamente em 140 e 160 Km/H. Ultimo detalhe que tinha sua importancia, mesmo que hoje em dia nao se conceba um motor sem esse tipo de requinte, os twins da JD e JDH tinham um Filtro de Ar e o quadro tinha um travao a frente - requinte supremo. E de ainda notar que nas vesperas do crash na bolsa de 1929, a Harley-Davidson apresentou novos grupos de 750 cm³ de valvulas laterais.

Mesmo na nossa epoca de incerteza economica, dificilmente se pode imaginar o que foi o ano de 1929, um pesadelo economico talvez: em poucas semanas, quinze milhoes de operarios viram-se em uma situacao de desemprego e varios bancos faliram. Apesar disto, o mercado, a producao das motos, continuou de maneira espantosa a ter resultados perfeitamente aceitaveis sobretudo pela situacao dificil da epoca em termos economicos e financeiros. Ate ao dia em que tudo se desmoronou, incluindo a venda das Harley-Davidson, cujo a producao caiu um terco de um dia para o outro, ou seja, cerca de doze mil motos.
 

Quando a guerra comecou a destruir a Europa, os EUA se habituaram a ideia de uma intervencao, a Firma Harley-Davidson continuou a interessar-se apenas pelo desenvolvimento tecnico das suas maquinas, sempre com um esforco especial no que diz respeito as grandes provas desportivas. E o ponto da situacao em 1940 eram duas imagens: as WLDR 750 sao maquinas de competicao mais desenvolvida e toda a gama Harley-Davidson esta equipada com forquilhas Springer. Os padroes do Pentagono vao rapidamente dirigir-se a William S. Harley para lhe pedirem que conceba e construa uma moto de 500 cm³ adaptada as suas necessidades. Considerando que a definicao tecnica do caderno de encargos imposto pelos militares nao e de todo aceitavel, William recusa o pedido do Exercito Americano e os militares viram-se desta vez para a rival da Harley-Davidson a Indian, que aceita a proposta e lanca maos ao novo desafio. O resultado e um desastre. As motos nao andam e o Pentagono volta a carga com a ideia de Harley-Davidson para finalmente se conformar com a escolha de uma Twin de 750 cm³. Acabara de nascer a 745 WLA com uma primeira encomenda de 185 maquinas.

Em 1941, desta vez a pedido da Policia Americana, a Harley-Davidson propoe ainda uma versao de 1200 cm³ da Knuckhead ja existente na versao menor de 1000 cm³. A Harley-Davidson entra finalmente no conflito europeu, na vespera de Pearl Harbour, e inicia o fabrico de 88 mil motos de 750 cm³ em versoes WLA, WLC e WSR com e sem Side-Car. Assim, a quase totalidade das motos produzidas pela Harley-Davidson durante este periodo sao maquinas militares.

A titulo de reparacao de guerra, a Harley-Davidson adquiriu o projecto de uma pequena Motocicleta Alema, a DKW RT125, que foi adaptada, fabricada e vendida entre 1947 e 1966. Varios modelos foram produzidos, incluindo o Hummer, entre 1955 e 1959.

Sempre mais depressa, uma simples estrada, bordejada de arvores, foi o local dos primeiros bancos de ensaio em "tamanho natural" daqueles que sonhavam ultrapassar os 100 km/H. Depois de lagos congelados, as superficies de sal e outros desertos retilinios, aqui mais perto de nos europeus foi o celebre circuito de Nardo, no Sul, da Italia que serviu de base de lancamento. Muito recentemente, em 1990, apenas a Honda e a Harley-Davidson se lancaram ao assalto. Mas sao os japoneses com a revolucionaria Honda NR de 750 cm³ com pistoes ovais e oito valvulas por cilindro desenvolvendo 155 cavalos e confiando a maquina ao conhecido Piloto italiano da Marca Honda Loris Capirossi, que continuam a ser os mais rapidos, atingindo os 299, 825 Km/H numa maquina de serie.

Ao mesmo tempo, do  outro lado do Atlantico, David Campos, um Pioneiro do genero, decide por seu turno, com uma maquina cem por cento americana ultrapassar a barreira dos 700 Km/H. Para financiar a sua empresa, a Revista EasyRiders, da California.  fez apelo a generosidade dos seus leitores. Resultado mais do que ocludente: a fuselagem do seu Streamliner tinham inscritos todos os nomes dos seus generosos doadores. Sob a fuselagem foram instalados dois motores V-Twin, derivados do 1340 Softail retificados para 3 litros, a sua injecao composta de uma mistura de Metanol e nitrometano era aspirada por dois turbocompressores. Em 14 de Julho de 1990, esta maquina no lago salgado de Bonneville, com uma temperatura de 35 °C preparava-se para vibrar com seu sopro do obus de aluminio. Resultado: 515, 121 Km/H. Um mes depois, em 19 de Agosto, David Campos repetiu uma nova experiencia e tentativa com o acelarador a fundo. O ponteiro do Conta-Quilometros era formal: 518, 449 Km/H na Milha lancada. Embora os 700 Km/H de facto ainda estivessem bastante longe, o Recorde de Donald Vesco fora finalmente batido (512, 733 Km/H em 28 de Agosto de 1978).

Mas nao era efectivamente uma estreia. Em 1969, Dick O' Brien Chefe de Equipa da Harley-Davidson, desejava veementemente opor-se a hegemonia crescente dos cacadores de recordes japoneses. Deste modo, Calvin Rayborn, o Piloto da casa viu-se incumbido da missao de se opor, em Setembro de 1970, a corrida contra o tempo. Montando uma maquina diabolica, inspeccionada a pressa em vez de ter sido montada e preparada com cuidado, o Piloto americano balbuciava e sofria. Depois de quatro dias de hesitacoes, rocou uma primeira vez a catastrofe quando sofreu um acidente a 320 Km/H. Nao se desencorajou por isso, e teimou em repetir a experiencia e perto ja dos 430 Km/H o V2 viria a explodir definitivamente.

Em Harrisburg, no Estado da Pensilvania continuam com os efeitos do passado. O fabrico dos quadros, as pinturas dos depositos, a instalacao dos motores, a implantacao de feixes de cabos electricos, dos tambores com rodas aos oculos de plastico ate o banco de ensaio que precede a colocacao de pelicula protectora e a embalagem em caixas de madeira, tudo e feito a mao como provavelmente se fazia a 50 anos atras, continuando a seguir a tradicao. As oficinas de pintura sa seguramente o mais espantoso: Batidos a partir de duas chapas de metal planas, os depositos nascem a uniao de duas conchas de metal. Colocados em grandes estantes metalicas, que vao em seguida passar de mesa em mesa para receber as camadas dos mais variados produtos protectores, de pintura lacadas e de verniz. Bombas de pintura e pequenos pinceis constituem todo o material. Os azuis estao lado a lado com os negros e os vermelhos na mais notavel desordem como se estas escolhas tao importantes se devessem apenas a vontade do momento destes pintores.


Apesar de se ter tornado uma marca de sucesso e das suas maquinas serem das mais famosas e apetecidas no que diz respeito a maquinas de duas rodas a Harley-Davidson tambem teve ja os seus problemas ao apresentar motos com defeitos de fabrico tendo mesmo recentemente ter passado por um problema de devolucao de uma serie de varios modelos afectados no Brasil, tendo inclusive as maquinas devolvidas e sido levadas para as fabricas onde depois finalmente se reparou a avaria em serie.

Recall no Brasil:

. Data do anuncio: 26 de Setembro de 2014.
. Problema com as motos: Engate involuntario da embreagem.
. Modelos afectados: CVO Limited, CVO Breakout, Touring Street Glide e Ultra Limited (chassis 9321KBMJ0ED614067 a 9321KBMJ9ED678270; 9321KBMJXED623763 a 9321KBMJXED678262; 9321KBMC1ED614080; 9321KELJ0ED614086 a 9321KELJ9ED709956; 9321KELJXED621255 a 9321KELJXED701042; 5HD1TENC0EB955816 a 5HD1TENC9EB956446; 5HD1TD9C0EB950183 a 5HD1TD9C9EB956371; e 5HD1TD9CXEB956296).
. Causa da avaria: Vazamento no retentor do pistao d cilindro mestre.
. Solucao: Substituicao do conjunto por outro com uma presilha de seguranca.

Em Portugal devido a copias e algumas imitacoes ou ate mesmo alteracoes pode-se dizer que uma Harley-Davidson original pode ser considerado uma verdadeira raridade embora possam existir algumas ja que ate existem Stands do motas da propria marca sobretudo em zonas onde por tradicao habitem pessoas com melhores condicoes financeiras como Sintra, Cascais, Algarve, etc e nao quis deixar de apresentar aqui para os apaixonados pelas Harley-Davidson, para os curiosos e amantes das mesmas uma tabela com os modelos e o preco aproximado:

Sporsters:

. Iron 883: a partir de 9500 euros.
. 883 Roadster: a partir de 9.900 euros.
. Superlow: a partir de 10.050 euros.
. 1200 Custom: a partir de 12.350 euros.
. Forty-Eight : a partir de 12.350 euros.
. Seventy-Two: a partir de 12.500 euros.
. SuperLow 1200T: a partir de 13.150 euros.

DYNA:

. Street Bob: a partir de 14.990 euros.
. Low Rider: a partir de 16.650 euros.
. Wide Glide: a partir de 17.100 euros.
. Fat Bob: a partir de 17.700 euros.
. Switchback: a partir de 18.650 euros.

Softtail:

. Softail Slim: a partir de 20.250 euros.
. Breakout: a partir de 21.850 euros.
. Softail Deluxe: a partir de 21.850 euros.
. Fat Boy: a partir de 22.200 euros.
. Fat Boy Special: a partir de 22.500 euros.
. Heritage Softail Classic: a partir de 22.900 euros.

V-Rod:

. Night Rod Special: a partir de 18.700 euros.
. V-Rod Muscle: a partir de 19.350 euros.

Touring:

. Road King Classic: a partir de 24.400 euros.
. Street Glide Special: a partir de 26.850 euros.
. Road Glide Special: a partir de 27.150 euros.
. Electra Glide Ultra Classic: a partir 28.650 euros.
. Ultra Limited: a partir de 29,950 euros.
. Ultra Limited Low: a partir de 30.000 euros.

CVO:

. CVO Softail Deluxe: a partir de 31.750 euros.
. CVO Street Glide: a partir de 39.750 euros.
. CVO Road Glide Ultra: a partir de 41.500 euros.
. CVO Limited: a partir de 42.250 euros.

Harley-Davidson Street:

. Harley-Davidson Street 750: a partir de 7.500 euros.

Trike:

. Tri Glide Ultra: a partir de 38.000 euros.


Nao podia deixar de publicar este video com esta musica que tipicamente e uma das que apresenta e mostra bem o que e o espirito aventureiro de um Motard e o mesmo sentimento de liberdade, etc. Assim tambem faco referencia ao Museu da Harley-Davidson perto de Milwaukee , aberto ao publico em 12 de Julho de 2008 e reune os mais de 100 anos de historia da marca, assim como os modelos ate os mais raros e algumas das Harley-Davidson que passaram pelo cinema como a replica da moto do Capitao America no Filme Easy Rider.

Como se pode observar existem motos Harley-Davidson com os mais variados precos mas qualquer um deles para poucas bolsas. Algo que pude observar e nao quero deixar de fazer nota e que o preco alto nao faz uma moto com o modelo mais original, mais semelhante ao que nos habituamos a ver na Harley-Davidson antes pelo contrario achei que as motos mais caras estavam muito descaracterizadas para o imaginario original desta marca de motos. Tambem nao quero quero deixar de fazer referencia ao facto de alguns modelos por terem um estilo demasiado moderno estao igualmente fora do contexto, do modelo habitual das maquinas Harley-Davidson o que na minha opniao nao deixa de ser lamentavel visto que certos modelos sao de facto originais da Harley-Davidson mas mais parecem copias, imitacoes ou motos alteradas para parecerem uma Harley-Davidson quando na realidade ate o sao de facto.
 
Dados da Marca Harley-Davidson:

Nome: Harley-Davidson Motor Company.
Fundadores: Arthur Davidson e William S. Harley.
Cotacao: NYSE: HOG.
Sede: Milwaukee, Wisconsin, Estados Unidos.
Locais: Wisconsin.
Numero de funcionarios: 9000 (2004).
Fabrico: Motos.

Caro(a) leitor(a) espero que esta cronica embora um pouco diferente do habitual tenha sido do seu inteiro gosto, sei que nem todos podem gostar de motos e ate mesmo os que gostam de motos por razoes pessoais nem sempre gostam da Harley-Davidson mas isso ja sao temas de Opniao Publica, penso que nao ha nada melhor do que numa tarde de calor de Verao ir numa estrada a conduzir livremente uma moto destas e a sentir a brisa e o vento a refrescar o rosto. Tambem tive uma seria vontade de criar e colocar nesta cronica a etiqueta Patrimonio Cultural e da Humanidade por a mesma mota ser um simbolo americano tal como tantos outros mas a mesma etiqueta vai estar relacionada apenas com temas relacionados com as artes, monumentos e natureza, sei que muitos ate concordam comigo mas para todos deixo um abraco, ate a proxima.

                                                                                                                Manuel Goncalves

























Sem comentários:

Enviar um comentário