quinta-feira, 1 de outubro de 2015

O Jejum

                                               

Se existem sacrificios nas religioes e ate seitas religiosas que invadem o mundo sem duvida um deles e a penintencia do Jejum, eu proprio o pratiquei quando fui membro e seguidor de uma certa seita religiosa (talvez um dos maiores erros da minha vida mas isso nao vem ao caso agora) era tradicao os membros a partir de certa idade e estando em pleno estado de saude praticar o acto em todo o primeiro sabado/domingo de cada mes.

Na vida cometemos varios erros e esse foi um dos que cometi na minha, penso que nao e com jejum e ofertas que chegamos ao perdao pelos pecados e muito menos seja uma prova de crenca o pagamento de dizimos. Considero igualmente a ideia de criancas de certa idade fazerem ou terem feito tais praticas nos dias de hoje as criancas sobretudo antes do baptismo nao praticam mas essa pratica ja foi imposta as mesmas de recordar  caso dos pastorzinhos de Fatima, Francissco e Jacinta ao que indica e se diz adoeceram e uma das causas para adoecerem e virem a falecer foi o excesso de jejuns a que eram submetidos Francisco Marto tinha 9 anos enquanto a sua irma Jacinta Marto tinha 10 anos na altura das suas mortes.

Trabalho em Inglaterra e estou rodeado de colegas de trabalho que sao muculmanos que religiosamente a grande maioria cumpre com o Ramadao mesmo quando o trabalho e rodeado de tarefas duras e essa e a realidade de facto no trabalho de uma fabrica onde passamos o dia a carregar caixas e sacos entre 5 Kg a 16 ou 20 Kg. Considero o Ramadao um evento de praticamente fanatismo religioso no entanto nao deixo de admirar a forca, determinacao de alguna ao fazerem o mesmo e mesmo dentro da Religiao muculmana muitos nao aprovam e fazem tal pratica.


Jejum e uma palavra usada de formas variadas quando alguem opta por diminuir sua Dieta Alimentar o mais proximo do Zero, idealmente atingindo o Zero, por um periodo de tempo, geralmente pre-determinado. Existem diversos motivos que levam uma pessoa a fazer um Jejum, como a greve de fome politica, jogos de desafio ou ate vaidade para o corpo. Os principais motivos, contudo, sao religiosos ou medicinais.

As cirugias que estao devidamente preparadas requerem um minimo de 8 horas de Jejum Pre-operatorio absoluto, sendo idealmente de 12 horas. A importancia fundamental deste Jejum e que durante o acto Anestesico o paciente pode vir a sofrer de nauseas e a vomitar, indo entao o conteudo do vomito directamente para os bronquios, obstruindo a passagem de ar livremente e ocasionando a morte por causas de asfixia. Alem disso, cirugias realizadas sobre o aparelho digestivo sao dificultadas pela presenca de alimentos.

Em cirugias de urgencias, como quando um paciente e baleado apos uma refeicao, a tecnica anestesica requer varios artificios para evitar que o paciente aspire o conteudo gastrico. Durante a cirugia podem ainda ser retirados diversos tipos de alimentos da cavidade abdominal.

O Jejum pode ser igualmente necessario tambem apos as cirugias, por um tempo variavel. Nestes casos pode ser necessaria a nutricao enteral ou nutricao parenteral para suprir as necessidades do doente.


Na visao religiosa varias religioes e seitas religiosas praticam o Jejum e tem varias alturas e maneiras de realiza-lo indo os casos de Religiao para Religiao e de seita para seita a forma como abordam a pratica do Jejum.

A Igreja Catolica distingue entre Jejum e abstinencia. O jejum e a abstinencia total ou parcial de comida e bebida (com expcao de agua) enquanto que a abstinencia e abster-se de alguma coisa que seja mais pesada ou mais cobicada.

Durante toda a Quaresma e proposto aos catolicos o Jejum, a Oracao e/ou a abstinencia a fim de que estes possam compararar a experiencia dos quarenta dias em que Jesus jejuou no deserto. Durante esse periodo e proposto que se abstenham de comer ou fazer algo e que o dinheiro que sobre dessa abstinencia seja entregue as boas causas. Nas sextas-feiras da Quaresma pode ser proposta, por exemplo, a abstinencia da carne, por esta ser um alimento mais pesado e tradicionalmente mais caro (tambem sempre ouvi dizer que nao se comia carne em lembranca a morte e sangue de Cristo e em relacao ao outro ponto apontado nos dias que correm ate vejo o peixe ser mais caro que a carne e por fim recordo a Igreja Ortodoxa que por tradicao nao comem carne a quarta-feira e a sexta-feira tudo por Cristo ter sido preso a uma quarta-feira e executado a uma sexta-feira).

Na Sexta-Feira Santa e na Quarta-Feira de Cinzas sao os dias sao os dias em que tradicionalmente a Igreja estimula ao Jejum.

O Jejum nao e proposto a pessoas em condicoes especiais de Vulnerabilidade: criancas, enfermos, viajantes, pessoas idosas ou muito fracas e mulheres gravidas.

Os Pastorzinhos de Fatima faziam frequentemente jejum pela expiacao dos pecados do mundo (a causa e origem da doenca e do motivo que levou a morte Francisco Marto e Jacinta Marto para alguns e o excesso de jejuns a que os mesmos eram submetidos ainda para mais sendo criancas).
                

Os evangelicos nao tem datas especificas para jejuar. Jejum e baseado  no sentido biblico literal, que e uma forma de "matar a carne". Significa que a pessoa se dispoe a ferir suas vontades carnais (como vicios, magoas, malicias, etc) atraves de Jejum quase que geralmente acompanhado de Oracao, quando se "mata a carne", se esta fortalecendo o espirito, vencendo motivacoes egoistas e assim, estar mais sensivel a presenca de Deus. O Jejum pode ser abstinencia nao so de alimentos e liquidos, mas de qualquer coisa ou habito que tenha se tornado "indispensavel", como forma de entrega e dependencia real de Deus. O Jejum eficaz e acompanhado de leitura biblica e Oracao. Ele tambem varia de acordo com a idade, condicoes de saude, necessidades de esforcos entre outros. O modo de se jejuar no meio evangelico e acompanhado de Oracao e leitura/meditacao na Biblia. Jejuando, a pessoa fica mais forte espiritualmente e mais resistente ao Diabo e as tentacoes carnais. E comum que nao demostre para outras pessoas seu Jejum, pois isto se trata de um acto particular entre o homem ou mulher e Deus. O Jejum tem tambem a finalidade de deixar o ser humano mais proximo de Deus. (Isaias, Cap. 58, Mateus, Cap. 6:16-18).

                                            
Para os muculmanos o Jejum e observado durante todo o mes do Ramadao, da Alvorada  ao por-do-sol, eles nao comem e nem bebem nada, nem mesmo agua, o Jejum tambem se aplica as relacoes sexuais. O crente Muculmano deve nao so abster-se dessas praticas como tambem desviar os seus pensamentos das mesmas e procurar unicamente manter-se concentrado em suas oracoes e recordacoes de Deus, sendo neste mes a frequencia a Mesquita mais assidua. Alem das cinco oracoes diarias (Sala), durante esse mes sagrado recita-se uma Oracao especial  chamada Taraweeh (Oracao nocturna).

O jejuador deve abster-se de tudo o que vai de contra a moral ou que pelo menos assim e visto como imoral perante a sociedade, pois o jejum antes que tudo e visto como uma pratica de disciplina e da doutrina, tanto espiritual como moral. A accao nao se limita somente a abstinencia de comer ou beber mas tambem de todas as coisas negativas e derivadas da maldade, maus pensamentos ou maus actos. O jejuador deve ser indulgente se for insultado, ofendido, humilhado ou agredido por alguem, deve evitar todas as obscenidades, ser generoso, bem mais do que no outros meses e aumentar a leitura do Alcorao.

Bem antes da alvorada, durante a madrugada, ha uma pequena refeicao (su-hoor) que substitui o Pequeno-Almoco habitual, feita com alimentos e bebidas, com a intencao de realizar o jejum que estara por vir, porque o su-hoor e uma bencao enviada por Deus, segundo relata o Alcorao.

Ao terminar de cada dia, com o inicio de mais um crepusculo e agora obrigacao do Muculmano quebrar o jejum imediatamente, mesmo antes da Oracao, suplicando a Deus Criador, segundo relato do Profeta Maome as seguintes palavras: "Se foi a sede, hidrataram-se as veias, e se alcancou a recompensa, com a permissao de Deus". O iftar e o momento para reunir os membros da familia e os seus amigos numa celebracao de fe e alegria. Apos esta refeicao, e pratica social sair com a familia para visitar amigos e familiares e reunirem-se para a pratica da Oracao.


O Activista e Advgado  indiano contra a violencia Mohandas Karamchand Gandhi (1869-1948) teria praticado o Jejum 17 vezes, sempre em solidariedade as pessoas que passavam fome ou para protestar contra a violencia, lutando para libertar seu povo de forma nao-violenta. Gandhi teve tambem grande influencia para a independencia da India para com o Reino Unido.

As razoes que levaran Gandhi aos seus longos jejuns foram varias desde fazer um Jejum para encorajar trabalhores texteis a manterem um greve, passando por estados de Jejum enquanto esteve preso em 1932, jejuns como forma de protesto a opressao britanica contra a India ou pelos protestos de violencia cometidos por indianos e paquistaneses muito devido a divisao da India por hindus e muculmanos.

Gandhi pelas suas frases e pensamento pode ser visto tambem de uma forma nao apenas de pacificador mas tambem filosofico uma das suas frases mais marcantes tem mesmo a ver com o Jejum: "O Jejum e a Oracao mais dolorosa e tambem a mais sincera e compensadora".


Os judeus fazem Jejum no Dia do Perdao (Yom Kippur). Do por-do-sol de um dia ao por-do-sol do dia seguinte, eles nao comem e nem bebem nada, nem mesmo agua.

O Yom Kippur ou Ioum Quipur e o Dia do Perdao, uma das datas mais importantes do Judaismo. No Calendario Judaico comeca no Crepusculo que indica o decimo dia do mes hebreu de Tishrei (que coincide com Setembro, Outobro ou Novembro), continuando ate ao seguinte por-do-sol. Os judeus tradicionalmente observam esse feriado como um periodo de Jejum de 25 horas e de Oracao intensa.

Existem seis proibicoes no Yon Kippur:

. 1 - Comer (Come-se um pouco antes do por-do-sol ainda na vespera do dia ate o nascer das estrelas do dia de Yon Kippur).
. 2 - Usar calcados feitos de couro.
. 3 - Manter relacoes conjugais.
. 4 - Passar cremes, desodorantes, etc no corpo.
. 5 - Banhar-se por prazer.
. 6 - Usar electrodomesticos.

E o Dia do Perdao - quando Deus perdoa a todo Israel. Durante esse dia, nada pode ser comido ou bebido, inclusive agua. Nao e permitido sequer lavar a boca, escovar os dentes ou banhar o corpo. Somente o rosto e as maos podem ser lavados pela manha, antes das oracoes. Nao se pode carregar nada, acender fogo, fumar, nem usar eletcricidade. O jejum nao e permitido para criancas menores de 9 anos, pessoas gravemente enfermas, mulheres gravidas e aquelas que deram a luz ha menos de trinta dias.

Se uma pessoa, enquanto estiver jejuando em Yom Kippur, passar mal, a ponto de quase desmaiar, deve-se lhe dar comida ate que se recupere. Se houver perigo de uma epidemia, e os medicos da cidade aconselharem que e necessario comer a fim de resistir a molestia, exige-se que todos comam.

Existem outras proibicoes, alem daquelas contra trabalhar, comer ou beber. As relacoes conjugais sãao proibidas, bem como o uso de perfumes e unguentos, excepto para fins medicos. Alem disso, sapatos e outras pecas da indumentaria feitas de couro nao podem ser usadas no Yom Kippur, pois nao se pode usar nenhum material para o qual seja necessario matar um animal.

Apos o Yom Kippur, espera-se que haja festa e alegria, nao perdendo de vista o facto de que o feriado e um dia santo de jubilo.


Os budistas veem o acto do Jejum como uma reflexao quando as necessidades de consumir. Normalmente possuem uma forma de se alimentar com respeito ao seu alimento, com consciencia do que foi morto e quem trabalhou para que a comida chegasse ate a mesa do consumidor (como tal, normalmente os budistas tem o habito de agradecer em Oracao a todos estes), alem de comerem o minimo necessario para a sua sobrevivencia em respeito ao seu alimento (normalmente apenas uma porcao igual ao seu punho fechado por dia). Como tal, o Jejum muitas vezes e um acto de sacrificio pessoal em respeito ao seu alimento e uma forma de reflectir a importancia dos seus alimentos e seus vicios.


Os Santos dos Ultimos Dias (tambem conhecidos por Mormons ou Elderes) uma Seita religiosa que se intitula como Igreja (Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias) sao encorajados a praticar o Jejum completo (abstinencia total de alimentos solidos e liquidos) durante um periodo que inclua duas refeicoes (aproximadamente 24 horas) em todo o primeiro sabado/domingo de cada mes (iniciando no Almoco ou Jantar de sabado e concluido na mesma refeicao de domingo). O Jejum tambem pode ser praticado durante outros dias do mes, conforme a vontade do praticante, sendo a pratica do mesmo no primeiro domingo reforcada por uma reuniao especial, onde os santos dos ultimos dias tem a liberdade de relatarem suas proprias experiencias especiais e prestarem testemunho de suas crencas. Durante o periodo de Jejum, os praticantes mormons se dedicam mais especificamente a leitura e estudo das escrituras e a Oracao em si. A quantia que seria gasta no preparo dessas duas refeicoes e doada para um fundo especifico da propria Igreja (seita religiosa se assim o entenderem como eu), que utiliza o mesmo donativo para tratar dos necessitados. Os santos dos ultimos dias consideram o Jejum como um meio de desenvolver auto-controlo, buscar bencaos divinas e refinar o espirito.


Os membros da Igreja Adventista do Setimo Dia (tambem conhecidos como crente-espiritual ou  Sa Doutrina Espiritual do Setimo Dia) praticam o Jejum completo (abstinencia total de alimentos e liquidos) durante peridos determinados, normalmente aos sabados, iniciando ao amanhecer, e concluindo ao meio dia, ou ainda as 18:00 horas), em todos os momentos que necessite fazer uma oferta por si, ou ainda em beneficio de um irmao, parente ou amigo. Durante o Jejum, os praticantes se dedicam mais especificamente a leitura e estudo das escrituras, a Oracao, e ao cultivo de canticos (hinos). Os crentes da doutrina consideram o Jejum como um meio de buscar bencaos divinas, do desenvlvimento de dons, de encontrar entendimento espiritual e refinar o espirito.


O Jejum Baha'i, consiste em que no ultimo mes do Calendario Baha'i, que compreende o periodo de 2 a 21 de Marco, os baha'is (Religiao monoteista) absteem-se de alimentos e bebidas do nascer ao por-do-sol. O Jejum nao e obrigatorio para criancas, enfermos, viajantes, pessoas idosas ou muito fracas, gestantes ou os que possuem trabalhos pesados. Embora essa abstinencia seja realizada fisicamente, a ideia dessa pratica e de origem espiritual, representa a purificacao do corpo atraves do desprendimento a desejos mundanos ou egoistas.

O Jejum Baha'i e realizado uma vez por ano por 19 dias, no periodo entre 2 a 21 de Março. O Jejum sempre cai na mesma estacao, terminando no equinocio de Marco, compreendendo a primavera no hemisferio setentrional, e no Outono no meridional, sendo assim, nunca no extremo calor do Verao nem do frio intenso do Inverno quando poderia haver mais dificuldade. Nessa estacao tambem, o intervalo entre o nascer e o por do sol e aproximadamente o mesmo na maior parte habitavel do planeta, consistindo em cerca de seis horas da manha ate seis da tarde. O ultimo mes em que o jejum e praticado chama-se Ala (Sublimidade) e vem logo apos os dias intercalares (que sao 4, e 5 quando é ano bissexto).

O Jejum, de acordo com os ensinamentos baha'is, e tido como a pratica de maior significado. Normalmente os baha'is que praticam acordam de madrugada para se alimentarem, antes do sol nascer, recitam ou leem sagradas escrituras individualmente, muitas das quais foram exclusivamente reveladas para o jejum e so voltam a se alimentar depois do por-do-sol.

O Jejum nao e obrigatorio para criancas, enfermos, viajantes, pessoas idosas ou muito fracas, gestantes ou os que possuem trabalho pesado.

O jejum e considerada uma epoca de reflexao e na comemoracao a Deus, que simboliza o alimento espiritual. Tambem devido ao facto de ser o ultimo mes, e tambem uma preparacao para um novo ano.

Muitos Baha'is defendem tambem a importancia fisica do Jejum, com relacao a saude e o asseio, levando em consideracao tambem a moderacao na alimentacao, atraves da natural auto-orientacao com relacao a uma apetite lasciva. Embora essa abstinencia seja realizada fisicamente, a ideia dessa pratica e de origem espiritual, representa a purificacao do corpo atraves do desprendimento a desejos mundanos ou egoistas.


Certamente esta seria uma cronica que nao agora mas que futuramente teria garantida uma possivel publicacao. A mesma no entanto ganhou prioridade porque e quando estamos a passar um mau momento na vida, uma fase menos boa que pensamos em assuntos relacionados com Religiao, Igreja ou Deus.

Penso que anteriormente ja referi como e a minha ligacao a Deus. Acredito em Deus, sou crente, quando acho necessario nao me recuso a orar, vou por vezes a Igreja mas considero as religioes como partidos politicos assim como considero que Igrejas que passam mais tempo a falar em dinheiro, em ofertas, etc do que a falar de Deus sao meras seitas religiosas (SUD, IURD, etc). Na minha opniao Religiao e uma identidade religiosa que detem uma maioria de crentes numa parte do mundo, continente ou pais as outras sao meras seitas religiosas.

Caro(a) leitor(a) mais uma vez peco desculpa se nao tenho sido tao regular e assiduo mas nem sempre as coisas sao como queremos e ate mesmo as coisas que sao prioritarias e ja de rotina quando o assunto  a saude passam para segundo plano, ate a proxima.

                                                                                                             Manuel Goncalves



 
                                           





1 comentário:

  1. Gostei muito de ler este artigo. O jejum é uma forma de auto-disciplina, de tentar ter uma forma mais espiritual de viver e também para reflectir, fazer uma pausa nesta nossa vida louca.
    Espero de todo o coração que o autor ultrapasse os problemas de saúde que referiu e que recupere a paz de viver. Um abraço forte.

    ResponderEliminar