terça-feira, 26 de abril de 2016

Dom Manuel II, de Portugal (1889-1932) o Adeus a Monarquia em Portugal



Ja faz algum tempo que eu e a Historia de Portugal andamos um pouco afastados ou de costas viradas no entanto sao diversos os temas que um dia ainda gostaria de homenagear aqui no Blog escrevendo sobre os mesmos. A ultima vez que publiquei uma cronica sobre a Historia de Portugal foi no ano passado quando em 11 de Novembro publiquei a cronica A tragedia do Terramoto de Lisboa, 1 de Novembro de 1755.

Esta cronica faz-me pensar em algo. Como estaria Portugal se estivesse entregue a um regime monarquico? Nao sei, a unica certeza que tenho e que certamente nao estaria pior do que esta. Eu vivo quase a vinte anos num pais com Monarquia e o mesmo e considerado como aquele que mantem a Economia mais forte na Europa, Reino Unido e apenas um exemplo vejamos tambem a Suecia, Espanha e o Luxemburgo entre mais alguns paises na Europa que sao monarquicos ou onde os monarcas ainda tem muita forca politica num regime ja republicano. Nao estou a defender a Monarquia e nem a tornar-me Monarquico mas apenas realista. Portugal certamente se estivesse sobre um regime monarquico mais conservador nao teria entregue as colonias da forma como as entregou entre muitas outras coisas que poderiam ter sido bem diferentes se Dom Manuel II de Portugal (1889-1932) tivesse governado e dado continuidade a Monarquia em Portugal mas depois do Regicidio de 1 de Fevereiro de 1908 era visivel que isso seria praticamente impossivel.

domingo, 17 de abril de 2016

Tudo Pelo Teu Perdao



Ela era o retrato autentico de uma mulher independente e ultra moderna, vivia para o trabalho, para a casa e para a filha. Tinha pouco tempo para si mesma ainda mais sendo mae solteira. Aquela filha era a sua razao de viver, era a luz dos seus olhos era pela mesma que fazia tudo para que nada lhe faltasse.

Marta Rebelo era tambem uma super Juiza no Supremo Tribunal de Justica apesar de ter apenas trinta e cinco anos ja tinha sido Juiza nos casos mais mediaticos em Portugal e estando no supremo a sua funcao era sobretudo julgar recursos e casos mais complicados daqueles que eram mais destacados nas capas de jornais e eram mais discutidos nas conversas de cafes entre os momentos de confraternizacao do final de um dia de trabalho. Marta Rebelo era so por isso uma das principais caras da justica portuguesa.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

O Caso de Camarate, Acidente ou Atentado

                                               

Esta cronica nao deixa de ter alguma importancia para mim visto vir daqui a primeira memoria de que me lembro, tinha eu no entanto apenas tres anos e dois meses faltando tambem apenas vinte dias para os tres anos e tres meses mas mes a menos ou mes a mais pouco importa. Mesmo apesar da minha tenra idade lembro-me bem de ouvir o meu padrasto dizer a minha mae o que tinha acontecido depois de ouvir o noticiario de posto de radio a casa onde estavamos de visita na altura da minha avo materna nem luz tinha quanto mais televisao.

Este e tambem mais um caso em que escrevo acerca de crimes sem usar a etiqueta Justica, afinal jamais se encontraram e puniram quer fosse mentores ou executantes e tambem uma das paginas mais negras da politica portuguesa e claro tambem da justica, da justica que ate hoje nao houve e dificilmente algum dia havera apesar dos constantes inqueritos e investigacoes o resultado foi sempre o mesmo culpados nem ve-los e enquanto as perguntas e incertas sao muitas bem menores sao as respostas e certezas do que aconteceu na noite 4 de Dezembro de 1980.

sábado, 9 de abril de 2016

Um Amor, Uma Guitarra Portuguesa e um Fado



A voz era inacreditavelmente bela mas aquilo que mais a marcara, mais lhe agradara era o som daquela guitarra diferente dos outros que sempre ouvira, cristalino e marcante, contaram-lhe mais tarde que o segredo do sucesso da Guitarra Portuguesa era mesmo esse som marcante que a tornara popular nos quatro cantos do mundo. O ambiente e a simpatia de quem estava a sua volta eram tambem marcantes mas era sem duvida a sonoridade daquele instrumento que a estava a apaixonar e nao deixara de reparar no jovem que a manobrava com uma pericia incrivel.

Esquecera por completo a tristeza que a levara ate ali, chegara a Lisboa para fugir de tudo e de todos ao conversar com um Guia Turistico do hotel ao falar-lhe que queria ouvir um som tao triste como a tristeza que trazia consigo o mesmo sugerira aquela casa de fados e ela ali estava, conseguira por momentos esquecer tudo e apenas concentrar-se em tudo o que ouvia e ia pairando no ar somente as pausas dos artistas e as palmas dos aplausos a iam por vezes trazendo a realidade da vida.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Nicolau Breyner (1940-2016) um Actor Que Nao Sabia Representar Mal



Alentejano de gema nunca notei porem o sotaque tipico dos alentejanos, aquele sotaque que se fala de forma lenta, seria de todo impossivel imaginar isso mas aquele Actor que representava de forma natural, tao natural como a realidade e que falava tudo de forma rapida, fria, descontraida e segura era de facto alentejano, mas era, alentejano de Serpa. Talvez isso nao se notasse tanto porque so ai passou a infancia.

Nicolau Breyner era para mim um dos melhores actores portugueses existem sete actores portugueses que estao entre os melhores  Joaquim Antonio Portugal Baptista de Almeida (1957) mais conhecido por Joaquim de Ameida (o meu Actor preferido entre os portugueses) e que agora e Luso-Americano, Ruy Alberto Rebelo Pires de Carvalho (1927) mais conhecido por Ruy de Carvalho, Vasco Antonio Rodrigues Santana (1898-1958) mais conhecido por Vasco Santana, Antonio Maria da Silva (1886-1971) mais conhecido por Antonio Silva, Camilo Venancio de Oliveira (1924) mais conhecido por Camilo de Oliveira, Raul Augusto de Almeida Solnado (1929-2009) mais conhecido como Raul Solnado e por fim embora estando nos melhores destes sete Joao Nicolau de Mello Breyner Moreira Lopes (1940-2016) mais conhecido somente por Nicolau Breyner, felizmente que muitas destas estrelas ainda estao entre nos dos sete sao ja quatro os que ja nao estao entre nos Nicolau Breyner pode ate nao ter sido o melhor Actor portugues e nao o foi de facto na minha opniao mas creio sem duvida que foi o mais completo, alem de sem duvida alguma ter sido o pai da ficcao em Portugal e o mentor das grandes telenovelas tendo ficado  conhecido como um verdadeiro homem dos sete oficios.

sábado, 2 de abril de 2016

O Massacre da Praca de Tian'anmen (Praca da Paz Celestial)


 
A primeira vez que ouvi falar na palavra massacre foi em 1989 e ainda nao tinha completado 12 anos a palavra ficou-me marcada nao pelo impacto da mesma ou porque a mesma tivesse o tom de violencia ou frieza mas simplesmente pelas imagens daquilo que me mostravam e explicavam o que era um massacre.

Corria o Verao de 1989 e estava-se no mes de Junho ja mas a situacao mantinha-se desde Abril foram assim quase dois meses de protestos que terminaram da pior maneira, da maneira que todo o mundo pode ver e mais uma vez via-se o que era um regime de ditadura comunista e os objectivos de quem protestava eram no minimo aceites em qualquer do mundo, do mundo moderno sem que fosse necessario fazerem-se ouvir em protestos que ficaram marcados por uma forte onda de violencia. Os protestantes reclamavam por uma maior igualdade social, liberdade de imprensa, liberdade de expressao, democracia e combate a corrupcao politica.