sábado, 25 de junho de 2016

Viver a Tua Morte



Como podia ser tinhas-me deixado, deixado sozinha. Eu so queria estar contigo por um minuto que fosse para poderes sorrir e abracar-me e depois ja que tinha de ser assim, ja que a vida nao era eterna pelo menos neste mundo terrestre onde vivemos poderias ir-te embora se essa era a vontade de Deus. Um dia, outro lugar e quando chegasse a minha hora iria-te encontrar.

Nao sabia e ainda nao sei viver sem ti amor, aprendi, isso sim a viver a tua morte. Nao te vejo mas sei que estas la todas as noites quando me deito na cama, quando olho o teu retrato, na nossa fotografia de casamento tirada momentos depois de termos jurado o, ate que a morte nos separe, algo que no nosso caso foi cumprido a risca de forma exemplar.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

12 de Junho de 2016, o Massacre de Orlando



Era algo ja previsivel um novo massacre nos Estados Unidos da America e este tornou-se depois do 11 de Setembro de 2001 o pior massacre de todos os tempos nas terras do Tio Sam e desta vez o alvo foi ate bem escolhido um espaco de divertimento nocturno e tambem logo a responsabilidade do mesmo foi assumida pelo Grupo Terrorista do Estado Islamico do Levante.

Ate quando irao acontecer estes atentados so porque existem muculmanos e nao-muculmanos. Ate quando irao realizar-se estes atentados so porque nem todos sao iguais ou pensam de uma forma diferente. Vitimas civis e sobretudo criancas terao menos importancia do que a palavra do Ala e do Profeta Maome. Em que parte do Alcorao, qual a escritura do mesmo em que Ala incentiva mesmo o seu povo a matar o maximo numero de pessoas possiveis de cada vez em defesa do seu bom nome e honra? Questoes religiosas terao maior importancia do que uma vida humana, parece que para muitos e assim de facto e desde jovens sao ensinados, treinados a matar se preciso for pelo bom nome divino de Ala e pela palavra do Profeta Maome.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

O Amor e o Sacerdocio


 
Estava ordenado. O mais dificil estava cumprido, pelo menos assim julgava ele. Como estava enganado o tempo, a maturidade e a experiencia que iria ganhar ao longo da vida assim o iriam comprovar. O mais dificil iria comecar dai para a frente.

Sabia que o caminho nao seria facil. Tinham-no alertado, instruido para os perigos nao so do quanto dificil era ser-se Padre, das confissoes que ouviria, dos conselhos que teria de dar ou ate reprimendas, das penitencias para a absolvicao dos pecados. Afinal quem era ele tao pecador como outro qualquer para julgar os pecados deste ou daquele. Borga, agora o Padre Borga sabia que o mais dificil mesmo assim seria as tentacoes carnais, o amor a bater-lhe a porta e as tentacoes que o mesmo lhe poderia provocar. Segundo o seu Professor e ensinamento com o qual ele sempre concordara para pecar bastaria apenas o pensamento, o sentir desejo, o ficar na duvida e para pecar nao bastava apenas cometer o pecado.

sábado, 11 de junho de 2016

Os Atentados Contra o Papa Joao Paulo II (1920-2005)



O que pode levar alguem a querer cometer um atentado, acabar com a vida de uma figura publica aparentemente caridosa como a de um Papa? Foi uma questao que vi lancada aqui a tempos num artigo que li e me deu ainda mais vontade de escrever esta cronica que ja vinha sendo planeada e constantemente adiada a algum tempo. A resposta a questao no entanto penso que seja motivos politicos ou religiosos.

Ja aqui e ate mais do que uma vez neste meu blog fiz referencia a minha excelente memoria que infelizmente ate ja esteve bem melhor e que muito me ajudou quando era um jovem estudante. Era tambem muito jovem mas uma das primeiras imagens que me lembro de ver na televisao e justamente a primeira chegada do Papa Joao Paulo II (1920-2005) a Portugal em 12 de Maio de 1982 eu tinha quase 5 anos mas recordo-me vagamente disso nao me recordo no entanto de ouvir falar no atentado do Padre espanhol Juan Maria Fernandez Krohn (c.1948). Lembro-me igualmente de outros episodios marcantes do meu padrasto estar a ouvir as noticias na radio e de dizer que tinha morrido Sa Carneiro isso a 4 de Dezembro tinha eu entao 3 anos e ainda do casamento da Princesa Diana e do Princepe Charles a 29 de Julho de 1981 ou o desastre do Vaivem Espacial Challenger a 28 de Janeiro de 1986. Eu tinha na altura 8 anos nao sabia a importancia que tinha o trabalho dos astronautas mas pela tragedia tive a certeza do quanto arriscado era o mesmo, mas deixemos isso para outras cronicas e vamos realmente ao que interessa.