Mostrar mensagens com a etiqueta Cinema Internacional. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Cinema Internacional. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 22 de junho de 2015

O Bucha e Estica (Laurel & Hardy)

 

Nao sou nem de perto nem de longe da altura em que no cinema esta dupla que muitos consideram como unica e que viveu o seu momento de ouro ainda no formato tanto a Preto e Branco assim como ainda no Cinema Mudo. Acredito mesmo que se estas e outras estrelas do cinema viessem hoje de novo a vida nao acreditariam ao ver as inovacoes que o cinema tivera em quase 100 anos, os dois actuaram pela primeira vez em 1917 portanto como disse a quase 100 anos.

Nao sou grande conhecedor das suas obras na arte de representar na setima arte mas lembro-me vagamente de aos sabados e domingos quando so existiam dois canais em Portugal um dedicar as tardes sempre ao cinema e creio que era miudo na altura e a minha mae e padrasto chegaram a ver alguns filmes dos mesmos aos quais eu nao liguei grande importancia na altura sobretudo pelo facto de ja serem sonorizados mas continuarem a ser a Preto e Branco.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Festroia, "Nao o Deixem Acabar"

 

Decidi escrever esta cronica por ser um amante de cinema de longa data. Porem podem perguntar-se porque ainda nao escreveu ele sobre os Oscares, a biografia de um actor, um filme, etc? A resposta e simples porque tem vindo sempre algo que vai tirando o lugar a isso, a politica, assuntos sociais mais prioritarios alem das minhas cronicas preferidas sobre Historia vao-se tornando prioritarias.

Escrevo agora esta porque tendo sido criado embora nao nascido no Distrito de Setubal e por tudo  que envolve a cidade sadina me chamar a atencao, desta vez e com tristeza que escrevo sobre o possivel fim do mesmo festival. Ainda nada e certo mas a realizacao do festival de 2015 essa ja esta cancelada, tudo por falta de verbas. Sei que com esta cronica pouco ou nada posso fazer alem de chamar a atencao um pouco do publico para um assunto que muitos ja conhecem mas penso que a intencao vale por si. Tratando-se o cinema desta forma em Portugal e que certamente nunca teremos um filme portugues a conquistar o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em  Hollwood.