Mostrar mensagens com a etiqueta Criticas e Analises Literarias. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Criticas e Analises Literarias. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

A Nova Geracao da Literatura Portuguesa, Novos Escritores e Novas Formas de se Escrever



Longe ja para la do seculo passado no melhor da Literatura Portuguesa sem duvida que em destaque podemos salientar  Jose Maria de Eca Queiroz (1845-1900) e Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco (1825-1890) que escreveram das mais ricas obras da Literatura Portuguesa algumas que nada ficam a dever aos grandes classicos universarios e tambem embora nao seja ja muito do meu agrado as obras do Premio Nobel da Literatura portugues Jose de Sousa Saramago (1922-2010).

Optei por fazer uma critica literaria mais virada para o genero do Romance ja que foi ai que notei uma maior mudanca entre aquilo e a forma como se escrevia no tempo de Camilo Castelo Branco, Eca de Queiroz nao tanto Saramago porque esse tambem se pode considerar mais contemporaneo. E penso que positivo a forma como a Literatura Portuguesa conseguiu acompanhar a mudanca nas artes entre o classico e o moderno sem as obras, os livros perderem o valor.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Critica e Analise Literaria ao Livro, Um amor e um Trapezio


 
Embora ja tenha escrito aqui sobre alguns livros (nao muitos mas alguns e ate e extrema importancia) e tambem feito algumas cronicas relacionadas com criticas literarias e de facto a primeira vez que venho juntar uma critica literaria a um livro. Eis tambem agora finalmente apresentada a surpresa para uma amiga do facebook que tinha falado a algum tempo atras no final da cronica acerca do Apartheid na Africa do Sul.

O livro em questao pode claramente causar alguma surpresa diante das obras literarias que temos na Literatura Portuguesa mas se para nao causar qualquer surpresa teria que escrever uma critica literaria e falar dos Lusiados, do Crime do Padre Amaro, O Primo Basilio ou do Amor de Perdicao optei comecar por uma obra se bem que menos conhecida tambem sera menos complexo ate porque existem grandes classicos da Literatura Portuguesa que depois de os ler nao me despertaram um grande interesse tanto a mim como a muitas outras pessoas que conheco, lamentavelmente alguns escritores escreveram um livro de grande valor, um verdadeiro classico e so por isso fazem com que o publico e a critica aceitem todos os outros como livros ou obras literarias de grande destaque e dimensao quando os mesmos ja estao abaixo do mediano. Vi essa realidade infelizmente acontecer num Escritor e Romancista portugues que dos que li escreveu dois livros de grande valor mas depois vieram os de menor qualidade no entanto so por terem sido escritos por aquela pessoa passaram a ser grandes obras que ate se estudavam na escola na disciplina de portugues no meu tempo.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Mikhail Cholokov um Grande Escritor ou um Grande Plagiador, Uma Duvida da Literatura Universal.



Sem duvida uma verdadeira duvida quando se estuda o tema. Nunca li nada do mesmo suposto grande Escritor e romancista e muito menos o livro que o mesmo para muitos tera plagiado, o Dom Tranquilo no entanto nao pude deixar de estudar o tema apos ter despertado interesse pelo assunto e considero que tudo aponta para o suposto escandalo de se ter em um grande Escritor um grande Plagiador.

Como pode ter sido possivel que um grande Escritor como Cholokov aparentava ser nao tenha conseguido calar as vozes que o acusavam continuando a escrever com a grande qualidade e capacidade com que escrevia ate entao e nao tenha continuado a escrever com o mesmo sucesso e ao inves disso tenha cada vez mais mostrado evidencias que quem o acusava dificilmente estava errado. E novamente como e possivel que um Escritor que escrevera tao rapido as suas primeiras obras depois tenha demorado 28 anos para concluir outra, Virgem do sol revolvido composto de duas partes: Sementes do Amanha (1932) e Colheita na Dom (1960) no entanto a suspeita mantem-se mas nunca nada se provou em concreto apesar de fortes evidencias terem sido apresentadas.

domingo, 16 de novembro de 2014

Os Heteronimos de Pessoa, Fernando Pessoa

 

Na Literatura Portuguesa existe uma enorme riqueza de Escritores tanto romancistas como poetas ou ate nao desfazendo dos sehores tambem poetisas.

Porem mesmo dentro da enorme qualidade existem sempre alguns que conseguem obter maior destaque nos romances sem duvida esses notaveis sao Jose Maria de Eca de Queiros (1845-1900) mais conhecido por Eca de Queiroz e Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco (1825-1890) e na poesia temos tambem dois nomes que se destacam dos restantes Luis Vaz de Camoes (C.? 1524-1580) muitos o tem apenas como Camoes e Fernando Antonio Nogueira Pessoa (1888-1935) que muitos chamam apenas de Pessoa ou Fernando Pessoa.