sábado, 28 de fevereiro de 2015

Kasparov e Karpov a Inesquecivel e Eterna Rivalidade no Xadrez



Quem gosta  de jogar Xadrez e viveu o final da primeira metade da Decada de 80 e a Decada de 90 do seculo passado como eu vivim embora nao jogue Xadrez nao se pode esquecer da rivalidade entre os dois grandes mestres de origem da antiga Uniao Sovietica.

Ja na segunda metade da Decada de 90 tambem para a historia fica a luta e rivalidade que Kasparov travou com  o Deep blue um supercomputador e um software criados pela IBM especialmente para jogar Xadrez com 256 co-processadores, capazes de analisar aproximadamente 200 milhoes de posicoes por segundo. Garry Kasparov ganhou tres partidas das seis partidas, empatou duas perdeu uma isto em Fevereiro de 1996. Kasparov talvez ja calculando o futuro que ai vinha declarou que era o ultimo humano a tornar-se Campeao Mundial de Xadrez e a pericia da mesma maquina levou a perguntar ate quando o homem iria ter dominio sobre maquinas do genero.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

O Reencontro

 
 
Como num reencontro era assim que ele a via no fundo tanto anos depois eram como dois caminhos, talvez ate duas estradas que se haviam separado e como por magia ou heronia do destino se voltavam a encontrar tudo por razoes e exigencias profissionais.

Eles eram dois artistas e eram verdadeiros profissionais inicialmente temeram o que o destino lhes tracara de novo mas depois de conversarem chegaram a um acordo e consenso de que apesar de serem divorciados, podiam voltar a falar-se, a dialogar e ate conviver ja que o destino e as carreiras semelhantes no mundo da musica e os contractos profissionais os obrigava a voltar a um trabalho em conjunto.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Caso Jean Charles de Menezes



Por vezes  nao ha nada pior que estar no local errado na hora errada e pior ainda e quando se e a pessoa errada contra a todas evidencias.

Neste caso do brasileiro Jean Charles de Menezes (1978-2005) cedo se descobriu que as forcas policiais que estavam a ser considerados heroi porque inicialmente foram apontados como  alguem que tinha abatido a tiro um Terrorista, um perigo para a sociedade em geral o pior veio a saber-se depois Jean Charles de Menezes nao era o terrorista nenhum, Menezes nao era igualmente nenhum perigo para a sociedade e estive em situacao legal ou nao, tivesse corrido e tentado fugir da policia como inicialmente foi referido a sua morte foi um erro, um erro dos piores erros que a policia inglesa alguma vez poderia ter cometido.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

O Jazz (Uma Heranca Musical Afro-Americana)


                                                      
Embora o genero musical nao me fosse desconhecido muito em parte por ser de longa data um fan de cantores e musicos que estiveram envolvidos com o genero musical como Ray Charles uma das maiores lendas musicais da america negra ou ter a voz de Frank Sinatra como a melhor voz masculina de todos os tempos na historia da musica so recentemente ao ver o filme O Terminal com o meu Actor preferido Tom Hanks o Jazz me despertou ou voltou a despertar um interesse ainda maior em gostos musicais.

Igualmente por ser um grande apreciador de musica de orquestra apenas instrumental sem qualquer voz tornei-me apreciador do som do saxofone um dos instrumentos de maior referencia na musica Jazz muito bem demostrado e representado por nomes como Charlie Parker que alguns consideram como o melhor Saxofonista de todos os tempos apesar de uma morte prematura aos 34 anos e de outro grande nome do saxofone chamado de Benny Golson. Outros nomes como Janis Joplin, Peggy Lee, Nat King Cole ou Louis Armstrong desde ja a algum tempo alem de nao me serem desconhecidos serem ate por causa de alguns temas cantores de referencia e eleicao nas preferencias musicais.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Um Amor Sem Leis

 

Um amor sem leis era o que tinha sido aquela relacao que envolvera o amor proibido, paixao, prazer e ate o adulterio.

Ele durante anos nao conseguira esquece-la apesar da ausencia,  distancia e da frieza com que tudo terminara. Pensou que tudo aquilo nao fora mais que um amor de adolescente, uma relacao platonica e que a distancia com ajuda do tempo iria ajudar a esquece-la mas a realidade fora bem diferente, completamente diferente daquilo que ele imaginara jamais a esquecera, jamais a deixara de amar. Sim, claro, depois dela ele tivera outra relacoes pouco ou mais reais que aquela que ele considerava um amor platonico e ate nao correspondido mas em cada fim de uma relacao Maria Cristina vinha-lhe sempre a memoria.

domingo, 1 de fevereiro de 2015

O Processo dos Tavora

 
 
Apos ter escrito sobre temas mais actuais com temas que estao na memoria ainda de todos nos e cumprindo parte da promessa de que tencionava escrever sobre temas mais actuais volto agora a escrever sobre assuntos da area que mais me agrada, satizfaz e de facto onde me sinto melhor, escrevo entao sobre Historia e mais uma vez da Historia de Portugal.

Cumpro tambem com a promessa que fiz a uma amiga de quando escrevim a biografia do Marques de Pombal ela ter-me perguntado pelo Processo dos Tavora ja que foi Sebastiao Jose de Carvalho e Melo entao Primeiro-Ministro de Dom Jose I a tratar do julgamento e condenacao dos Tavoras a 13 de Janeiro de 1759, num descampado mas em praca publica para que servisse de exemplo para os vivos aquela condenacao e assim se visse que o Rei de Portugal nao perdoava conspiracoes e traicoes.