terça-feira, 23 de agosto de 2016

Canoagem e Remo Duas Modalidades Que se Confundem

 

Pensava eu como muitos que Remo e Canoagem fossem a mesma Modalidade Desportiva e que somente houvesse alguma mudanca pelo numero de participantes, tipo de embarcacoes ou numa ou outra regra mas nao e bem assim e o que me chamou a atencao para o meu erro foi o facto de ver ambas as modalidades como modalidades nos Jogos Olimpicos do Rio de Janeiro 2016.

Existem varias diferencas entre as duas modalidades uma das mais marcantes sao os caiaques e as canoas entre outras esta cronica vai servir nao so para esclarecer algumas duvidas mas explicar o que e a Canoagem e o que e o Remo e quais sao as suas diferencas assim como falar das duas modalidades separadamente.

Quem nao esta muito habituado a falar sobre desportos aquaticos pode confundir um pouco duas modalidades parecidas, porem distintas: o Remo e a Canoagem.


Ambas as modalidades tanto podem ser praticadas em agua doce como salgada, seja como lazer, actividade fisica ou trabalho. Os dois desportos tambem podem ser muito confundidos entre si, pois usam barcos e remos.

A principal diferenca, porem, e que na Canoagem nao se usa embarcacoes com leme fixo e acaba sendo disputada em corredeiras ou mar aberto . A posicao em que se encontra o Canoista e sempre no mesmo sentido, a contrario da do Remador, que fica de costas para o sentido da embarcacao.

Alem disso, outra diferenca e que na Canoagem o Atleta nao trabalha tanto os membros inferiores como no Remo.

As embarcacoes tambem se diferenciam e sao as canoas (canoagem) e os caiaques (Remo) estas duas embarcacoes tambem podem confundir os leigos, mas as diferencas mais uma vez claras. As canoas sao, geralmente, mais pesadas e largas, com dois ou mais lugares. Elas sao impulsionadas com pas para que naveguem em aguas mais calmas.

Ja os caiaques sao fechados e, geralmente, fabricados em fibra de vidro. Estas embarcacoes tem mais estabilidade e capacidade de manobra, sendo utilizadas em aguas mais revoltas e tambem no mar.


A Canoagem e um Desporto Nautico, praticado com Canoa ou Caiaque, e uma Modalidade Olimpica desde dos Jogos Olimpicos de Berlim em 1936.

As canoas foram desenvolvidas no transcurso de milhares de anos primeiramente pelos povos nativos da America do Norte. A palavra da embarcacao que conhecemos hoje "Canoa" deriva da palavra Kenu, que tem como significado Dugout, um tipo de Canoa feito com o tronco de arvore.

Caracteristicas dos caiaque e canoas:

. Caiaques com cascos com uma certa formatacao tem grande estabilidade e suportam muito pouco peso, sao no entanto os mais apropriados para principiantes.
. Para descidas de rios com aguas agitadas, os caiaques devem ter um baixo alto casco de perfil arredondado e linha de quilha arqueada, que proporciona uma extrema maneabilidade.
. Esta combinacao de formato de casco com uma linha da quilha moderada proporciona aos caiaques estabilidade, velocidade e agilidade tipica de embarcacoes destinadas a percorrer longos percursos no mar e nos grandes rios. Sao caiaques faceis de manobrar embora tenham um grande comprimento. Com um formato proximo ao piramidal invertido, esta mesma construcao de casco aliada a uma linha de quilha recta e destinada a barcos para competicoes de velocidade. Requer do Remador uma extrema habilidade pois a instabilidade do mesmo e muito grande, e qualquer descuido pode levar a uma capotada.
. Para corridas em aguas agitadas esta embarcacao e a mais adequada.

Dentro da canoagem existem varias modalidades das quais se destacam o Freestyle, Canoagem Oceanica, Caiaque-Polo, Maratonas, Canoagem Velocidade (Sprint), Canoagem Slalom e por fim canoagem de rapidos. As duas ultimas sao modalidades olimpicas.

. Canoagem Velocidade (Sprint):

A Canoagem Velocidade (Sprint) e a disciplina menos conhecida da Canoagem. Esta modalidade da Canoagem desenrola-se normalmente em canais construidos artificialmente, com 2000 metros de Comprimento e 3 metros de profundidade, sendo todo o percurso de nove pistas sinalizado. As competicoes disputam-se em embarcacoes muito elegantes e rapidas, mas igualmente muito instaveis, denominadas de Caiaque (K1, K2 e K4) e Canoa (C1, C2 e C4). Uma diferenca entre a competicao em caiaques e canoas e que nas canoas somente competem homens. A partir de 2007 a Federacao Internacional de Canoagem (ICF) reconheceu a pratica da mulher na Canoa. O Continente Americano e pioneiro nesta Modalidade da Canoagem.

Nos Jogos Olimpicos, realizam-se competicoes nas distancias de 200 e 1000 metros para masculino, e 200 e 500 metros para feminino. Em campeonatos mundiais e campeonatos continentais alem das distancias olimpicas realizam-se ainda competicaoes de 5000 metros. A modalidade e praticada em embarcacoes de 1,2 ou 4 pessoas (dai como e obvio se explica para caiaques o K1, K2 e K4 e para canoas o C1, C2 e C4).

. Canoagem Slalom:

Modalidade Olimpica desde 1972 (Jogos Olimpicos de Munique), a Canoagem Slalom e praticada com iates ou navios em aguas rapidas, em percursos que variam entre 250 Km e 300 Km, definidos por "portas", que o Canoista devera sempre percorrer sem faltas e no menor tempo possivel.

. Canoagem Freestyle / Rodeu:

O Freestyle e uma das variantes mais recentes da Canoagem. Foi somente reconhecido pela Federacao Internacional de Canoagem em Outobro de 2004. O obejctivo da Competicao de Freestyle e realizar num determinado tempo varias manobras com a embarcacao numa onde de rio, e obter uma pontuacao com base na quantidade de movimentos e variedade de figuras conforme uma tabela que fora estabelecida anteriormente.

. Canoagem Oceanica:

A Canoagem Oceanica e uma disciplina da Canoagem que consiste em realizar um determinado percurso no mar. Sao utilizadas embarcacoes especificas, devido as variadas condicoes que se podem vir a encontrar no decorrer da prova.

. Caiaque-Polo:

O Caiaque-Polo e uma disciplina de Canoagem que se disputa numa Area de jogo de 35 por 23 metros, delimitada seja em piscinas, rios ou lagos, e cujo o objectivo consiste na marcacao do maior numero de golos na baliza adversaria, que tem as medidas de 1 por 1.5 metros e esta suspensa a dois metros da superficie da agua.

As partidas tem duas partes de 10 minutos cada uma e sao disputadas por equipas de cinco elementos (tres suplentes com substituicoes ilimitadas), podendo a bola ser jogada com a mao ou a Papagaia (Remo de pa larga e haste curta e pode ser simples, dupla ou cruzada).

. Canoagem Maratona:

A Canoagem Maratona disputa-se com as mesmas embarcacoes que a Canoagem Velocidade (Sprint), apenas diferindo no facto de serem mais leves. As competicoes realizam-se em distancias superiores a 15 km. Durante a competicao, os atletas sao obrigados a realizar um ou mais percursos em terra correndo com a embarcacao na mao, percurso durante o qual aproveitam para se alimentar e hidratar.

Canoagem Turismo / Aventura:

Turismo e Aventura uma especificidade de Canoagem que nao se enquadra nos padroes do desporto de competicao. O objectivo principal desta variacao e a aproximacao do canoista com a natureza favorecendo a compreensao da sua gradiosidade e consequentemente o respeito a mesma, transformando-os em agentes multiplicadores desta accao.

. Canoagem Onda:

Esta nova modalidade da Canoagem tem vindo a ganhar muitos adeptos nos ultimos anos, um novo desporto radical. No Brasil, se divide em duas classes: Kayak Surf e Waveski. Na primeira, o Kayak Surf . O Atleta surfa dentro de um Caiaque especialmente produzido para isso. O Waveski e praticado sobre uma prancha desenvolvida para ter uma melhor flutuacao e estabilidade na onda. O praticante usa um remo com duas pas e fica preso a prancha por um cinto, mantendo os pes encaixados numa pedaleira junto ao bico. Muitas vezes a expressao Canoagem Onda e usada para identificar e fazer referencia apenas ao Kayak Surf.


Atletas medalhados em europeus e mundiais de pista:

. Antonio Cesar Martins de Brito (1971).
. Rui Fortunato Soares Fernandes (1971).
. Antonio Manuel de Oliveira Monteiro (1972).
. Jose Luis Menezes Garcia (1964).
. Sergio Varela (?).
. Emanuel Eduardo Pimenta Vieira da Silva (1985).
. Fernando Ismael Fernandes Pimenta (1989).
. Filipe Gouveia Duarte (1985).
. David Ruben Sousa Fernandes (1983).
. Bruno Daniel Cruz e Castro (1997).
. Ruben Agrela (?).
. Joao Pedro Oliveira (?).
. Pedro Oliveira (?).
. Joao Luis Peixoto Ribeiro (1989).
. Joana Sofia Barbosa Vasconcelos (1991).
. Teresa do Rosario Afonso Portela (1987).
. Helena Isabel Neves Reinold Rodrigues (1984).
. Beatriz Branquinho Gomes (1979).
. Pisco (?).


Atletas medalhados em mundiais de Maratona:

. Gabriel Pauletti (?).
. Nicole Leoncio (?).
. Marcio Manuel Guedes Pinto (1979).
. Miguel Jose dos Santos Gomes (1978).
. Pedro Henrique (?).
. Nuno Helder Pinto Lopes de Barros (1981).
. Jose Ramalho (?).
. Samuel Araujo Amorim (1994).
. Rui Duarte Cristino Lacerda (1991).


O Remo e um desporto de velocidade, praticado em barcos estreitos, nos quais os atletas se sentam sobre bancos moveis, de costas voltadas para a meta, usando brancos, tronco e pernas para mover o barco o mais depressa possivel, em geral em rios, lagoas, enseadas ou pistas construidas para a pratica da modalidade, mas por vezes tambem no mar.

Pode ser praticado em diferentes categorias, desde barcos para uma pessoa, duas, quatro ou oito. Cada Remador pode conduzir o barco utilizando um ou dois remos dependendo do tipo de barco. Alguns barcos ainda podem ter incluida a presenca de um outro elemento designado como Timoneiro alem dos remadores e o mesmo e o responsavel por dar o ritmo da remada aos remadores.

O Remo e um desporto muito completo, quer do ponto de vista dos atletas envolvidos (todos os grandes grupos musculares), quer do ponto de vista da demanda fisiologica que supoe. Na verdade trata-se de um desporto resistencia-forca (aquilo a que os anglo-saxonicos chamam de "Power Endurance Sport"), ou seja, um desporto que exige niveis muito elevados de forca muscular e resistencia a fadiga. Assim, os remadores sao, usualmente, muito fortes e bem musculados e possuem uma capacidade Aerobica muito elevada, para poderem arejar a grande quantidade de massa muscular utilizada no seu desporto. A combinacao plena destas duas caracteristicas confere-lhes uma capacidade fisica singular, senao unica.

Um aspecto interessante do Remo e que este desporte tem a tendencia a selecionar os atletas mais altos e com membros mais longos, porque estes conseguem mais facilmente obter um padrao de exercicio de forca mais continuado e prolongado na agua (remada mais ampla). Assim, e raro encontrarmos, por exemplo nas finais olimpicas, remadores com menos de 1,90 M de Altura, havendo mesmo muitos com mais de 2,0 M de Altura. Dado esta caracteristica do desporto, criou-se a caracteristica "Peso Leve", para possibilitar a pratica competitiva do Remo a homens e mulheres mais proximas do padrao normal em termos fisicos mais proximo da populacao ou seja inferior ou muito inferior a 1,90 M ou 2,0 M de Altura e de porte fisico menor, menos musculado.

                                   
Tipos de Barcos:

Os barcos do Remo sao divididos em duas categorias:

. Parelhos ou Palamenta dupla, em que cada remador utiliza 2 remos.
. Pontas ou Palamenta simples, em que cada remador utiliza 1 remo.

Barcos Parelhos ou Palamenta Dupla:

. Skiff (1X): Peso=14 kg, Comprimento=8,20 M, 1 Remador.
. Double Scull (2X): Peso=27 kg, Comprimento=10,40 M, 2 remadores (Proa e Voga).
. Quadri Scull ou Four scull (4X) : Peso=52 kg, Comprimento=13,40 M, 4 remadores (Proa, Sota-Proa, Sota-Voga e Voga).

Barcos Pontas ou Palamenta Simples:

. Dois sem Timoneiro (2-): Peso=27 Kg, Comprimento=10,40 M, 2 remadores (Proa e Voga).
. Dois com Timoneiro (2+): Peso=32 Kg, Comprimento=10,40 M, 2 remadores (Proa, Voga) e Timoneiro.
. Quatro sem Timoneiro (4-): Peso=50 Kg, Comprimento=13,40 M, 4 remadores (Proa, Sota-Proa, Sota-Voga e Voga).
. Quatro com Timoneiro (4+): Peso=51 Kg, Comprimento=13,70 M, 4 remadores (Proa, Sota-Proa, Sota-Voga, Voga) e Timoneiro.
. Oito com Timoneiro (8+): Peso=96 Kg, Comprimento=19,90 M, 8 remadores (Proa, Sota-Proa, Contra-Proa, 1º Centro, 2º Centro, Contra-Voga, Sota-Voga, Voga) e Timoneiro.

Atletas:

Os atletas de barcos de pontas:

. Proa: Atleta mais proximo da Proa do barco, responsavel pelo equilibrio. Geralmente controla o Leme em embarcacoes sem Timoneiro.
. Sota-Proa: Aquele que esta imediatamente antes do Proa.
. Contra-Proa: Aquele que esta imediatamente antes do Sota-Proa.
. 1º Centro (Meia-Nau): Aquele que esta imediatamente antes do Sota-Proa, junto com 2° centro sao os mais fortes do barco.
. 2º Centro (Meia-Nau): Aquele que esta imediatamente antes do 1º Centro.
. Contra-Voga: Imediatamente antes do 2º Centro.
. Sota-Voga: Aquele que esta imediatamente atras do Voga, responsavel pela Voga do outro Bordo.
. Voga: Aquele que da o ritmo ao barco, o que nao tem ninguem a sua frente (excepto por vezes o Timoneiro, dependendo da embarcacao, pode ter o Leme em embarcacoes sem Timoneiro, para ver melhor se esta na recta da pista ou nao).
. Timoneiro: O que comanda o barco e controla o Leme. Estimula os atletas, para que nunca desistam.

Os atletas de barcos de parelhos:

. Proa: Aquele que esta na Proa do barco, maior responsavel pelo equilibrio do mesmo. Sao normalmente os atletas mais pequenos da embarcacao.
. Sota-Proa (Meia-Nau): Aquele que esta imediatamente a frente da Proa, a sua principal "tarefa" e fazer forca, logo em geral os atletas que tem esta posicao sao pessoas muito fortes (se for um 2x este e o Voga).
. Sota-Voga (Meia-Nau): Aquele que esta imediatamente a frente do Sota-Proa, ajudando o Voga a manter o ritmo e a controlar o ritmo da remada.
. Voga: Aquele que da o ritmo da remada, nao tem ninguem a sua frente.
. Timoneiro: Barcos de parelhos geralmente nao tem Timoneiro. O Leme vai geralmente no Pe ou do Voga ou do Proa.


Termologia:

Lados do Barco:

. Bombordo: O lado direito do barco (para remadores).
. Boreste: O lado esquerdo do barco (para remadores).
. Proa: Para onde o barco se desloca.
. Popa ou Re: De onde o barco vem ou vai.

Componentes principais dos barcos:

. Aranha.
. Falca.
. Forqueta (onde o Remo se apoia).
. Travinca.
. Patilhao.
. Slide.
. Calhas.
. Finca pes (onde os pes ficam apoiados).
. Caixa de ar.
. Quebra-Mar.

Remos:

. Punho
. Tacao.
. Pa.
. Cana.
. Espinha.

Termos gerais durante a pratica do Remo:

. Ataque: Quando o Remo entra na agua.
. Final/Safe: Quando o Remo e retirado da agua.
. Leva: Parar de remar e deixar o Remo no ar permitindo ao barco continuar o seu movimento.
. Pa de Chapa/Patilhar: A Pa do Remo em contacto com a agua, em posicao paralela.
. Pega: Aumentar a forca e cadencia da remada.
. Punhos a Falca: Levar os punhos a Falca para equilibrar o barco.
. Ciar: Remar ao contrario, fazendo o barco andar para tras.
. Remos no final: Posicao inicial (normalmente com os remos na posicao Vertical).
. Stop 1: Parar na fase da remada em que apenas os bracos estao colocados.
. Stop 2: Parar na fase da remada em que os bracos e o tronco estao totalmente colocados.

Provas e trofeus notaveis:

Internacionais:

. Taca do Mundo de Remo, realizada anualmente com 3 etapas, sendo a ultima sempre realizada em Lucerna na Suica.
. Campeonato Mundial de Remo, realizado anualmente sempre apos as 3 etapas da Taca do Mundo.
. Henley Royal Regatta, realizada na primeira semana de Julho na cidade de Henley-on-Thames no Reino Unido (regata das universidades de Cambridge e Oxford).

Nacionais de Portugal:

. Taca Lisboa.
. Lisboa Classic Regata.

Nacionais do Brasil:

. Campeonato Brasileiro de Remo, realizado anualmente pela Confederacao Brasileira de Remo (CBR), normalmente realizado na primeira ou segunda semana de Outobro.

Categorias:

. Infantil: Ate os 13 anos.
. Juvenil ou Infanto-Junior (JB): Dos 14 a 15 anos.
. Junior (JA):  Dos 16 a 18 anos.
. Sub-23 (SB): Atletas ate 22 anos.
. Senior (SA): Classe Aberta.
. Master: Acima de 27 anos.

A partir da Categoria Sub-23 (SB) existe tambem a Sub-Categoria Peso Leve, com atletas ate 72,5 Kg sendo que a media geral de um barco nao pode ultrapassar 70 Kg.


Provas Olimpicas:

Actualmente existem 14 eventos olimpicos no Remo:

. Homens: Four Skiff (4X), Double Skiff (2X), Skiff (1X), Oito com Timoneiro (8+), Quatro sem Timoneiro (4-), dois sem Timoneiro (2-).
. Homens Peso Leve: Double Skiff (2X), Quatro sem Timoneiro (4-).
. Mulheres: Four Skiff (4X), Double Skiff 2X), Skiff 1X), Oito com Timoneiro 8+), Quatro sem Timoneiro 4-);
. Mulheres Peso Leve: Double Skiff 2X).

Associacoes, Confederacoes e Federacoes:

A Federacao Internacional que organiza o desporto Remo e a FISA, (do frances Federation Internationale des Societes d' Aviron).

Associacoes, confederacoes e federacoes em paises lusofonos:

. Associacao de Remo de Cabo Verde.
. Associacao de Canoagem e Remo de Mocambique.
. Associacao Geral de Remo de Macau-China.
. Confederacao Brasileira de Remo.
. Federacao de Remo de Mocambique.
. Federacao Angolana de Canoagem e Remo.
. Federacao Portuguesa de Remo.

Federacoes Estaduais do Brasil:

. Federacao Amazonense de Remo.
. Federacao dos Clubes de Regata da Bahia.
. Federacao de Remo de Brasilia.
. Federacao de Remo do Espirito Santo.
. Federacao Paraense de Remo.
. Federacao de Remo da Paraiba.
. Federacao Pernambucana de Remo.
. Federacao Paranaense de Remo.
. Federacao de Remo do Estado do Rio de Janeiro.
. Federacao Norte-Riograndense de Remo.
. Federacao de Remo do Rio Grande do Sul.
. Federacao de Remo do Estado de Santa Catarina.
. Federacao Sergipana de Remo.
. Federacao Paulista de Remo.


Caro(a) Leitor(a) quase a finalizar esta minha cronica creio que seja Canoagem ou Remo qualquer uma das actividades e deveras muito compensadora pelo contacto que nos oferece com a Natureza, o sentimento de calma e paz e ate de solidao quando e praticada em treino a sos. Claro que nao queria terminar sem alertar para certos perigos que qualquer uma das modalidades pode oferecer como a da embarcacao poder virar-se e haver risco de afogamento quando nao se sabe nadar bem ou ate mesmo quando nao se sabe nadar. Entre a Canoagem e o Remo creio que optava pelo Remo embora considere o Remo mais duro que a Canoagem em termos de esforco fisico.

Caro(a) Leitor(a) fico-me por aqui com o desejo que tenha gostado da cronica e que sobretudo a mesma tenha sido esclarecedora sobre o que e a Canoagem e o que e o Remo, ate a proxima.

                                                                                                                  Manuel Goncalves



















Sem comentários:

Enviar um comentário